Briefing

Início > Entrevistas

Entrevistas

Como o Alexandre fez crescer a sua produtora (sem) Show Off

Como o Alexandre fez crescer a sua produtora (sem) Show OffGerir bem orçamentos, escolher bem os talentos de cada item e seriedade nas relações com os fornecedores são características que o produtor executivo da Show Off, Alexandre Montenegro, destaca para o sucesso de uma campanha. Aos 17 anos, a publicidade é o core business da produtora e o cinema uma ambição. Para 2017, renovar e trazer novos talentos são objetivos.

Objetivo do Gustavo? Aproximar a NewCoffee dos clientes

Objetivo do Gustavo? Aproximar a NewCoffee dos clientesNum país onde o café é parte da rotina dos habitantes, a NewCoffee decidiu renovar a imagem das marcas Bogani, A Caféeira, Caffècel e Sanzala. O objetivo é potenciar a notoriedade das marcas, mantendo os valores, num universo de "consumidores cada vez mais interessados e exigentes", refere Gustavo Mendes, diretor de marketing da NewCoffee. Eventos de música, cinema e moda são a primeira escolha para comunicar o novo posicionamento.

#dizola para se aproximar dos millennials. O Pedro explica

terça, 01 agosto 2017 12:11

Pedro GonçalvesInvestir nas submarcas da Olá e aproximar-se de um público mais jovem são objetivos que justificaram a aposta numa "campanha que é a cara da Olá e dos portugueses". Quem o diz é o diretor de marketing da marca, Pedro Gonçalves. #dizola é uma ação nacional que nasceu e cresceu nas redes sociais. Estas, juntamente com o vídeo online, "já representam uma importante fatia dos investimentos da marca", acrescenta.

Trendy e sustentável? O Domingos diz que é possível, na C&A

Trendy e sustentável? O Domingos diz que é possível, na C&AA C&A assumiu um compromisso com a sustentabilidade e a inovação, estando, por isso, cada vez mais, a apostar na moda circular e no desenvolvimento de produtos socialmente responsáveis. Hoje, é "o maior vendedor de algodão orgânico no mundo". "O nosso lema é simples: preocupamo-nos que o cliente possa comprar os nossos produtos sem ter de pensar no impacto ambiental e social que os mesmos poderão ter", afirma o diretor geral da C&A para Portugal e Espanha, Domingos Esteves, que fala à Briefing dos planos e do posicionamento da marca.

Fazer do EDP Cool Jazz uma experiência premium. É a aposta da Karla

Fazer do EDP Cool Jazz uma experiência premium. É a aposta da KarlaA Live Experiences volta a organizar o EDP Cool Jazz a solo. E nesta 14.ª edição, a fundadora da empresa e mentora do festival, Karla Campos, promete reforçar a diferenciação, nomeadamente com um espaço de refeições mais completo e com um palco para jovens talentos. O objetivo é tornar a experiência do público (ainda mais) premium. A partir de amanhã, 18 de julho.

O que faz o VidaMar Resort para merecer 5*? João Cardoso responde

O que faz o VidaMar Resort para merecer 5*? João Cardoso respondeO VidaMar Resort Hotel Algarve acaba de ver oficializado o estatuto de cinco estrelas, sendo a primeira unidade da Herdade dos Salgados a consegui-lo. Uma classificação que pode ajudar a concretizar as expectativas de faturação de 10 milhões de euros entre junho e setembro. O administrador João Cardoso espera que, para esse objetivo, contribua também uma estratégia assente no conceito de dine around, isto é, a aposta na oferta gastronómica para que os clientes não sintam necessidade de sair do resort.

Liderança. É a chave da estratégia de Nuno Bernardo para a Super Bock

Liderança. É a chave da estratégiaConfirmar a Super Bock como a cerveja mais vendida além-fronteiras. Mas também confirmar a liderança em Portugal. Estas são duas ambições de Nuno Bernardo, administrador da Unicer com o pelouro do Marketing, nos 90 anos da marca. A estratégia passa por reforçar o portefólio da marca. Mas também por reforçar a associação aos territórios do futebol e da música. É neste contexto que publicamos parte de uma entrevista dada à edição impressa da Briefing. É que a 23.ª edição do Super Bock Super Rock arranca amanhã.

O casamento entre a publicidade e o cinema é feliz? Pedro Varela diz que sim

segunda, 10 julho 2017 13:15 Escrito por

O casamento entre a publicidade e o cinema é feliz? Pedro Varela diz que simO soft sponsoring e os novos media explicam, em parte, a entrada do cinema na publicidade. Um casamento que já não é de hoje, mas que ganha agora outras proporções com as marcas a recorrerem, cada vez mais, à visão cinematográfica. É entre estes dois mundos que vive Pedro Varela, o realizador da Story que assinou a recente campanha para o Turismo de Portugal "Can't skip".


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial