Briefing

Início > Marketing > Continente é a marca portuguesa mais empática. Dizem os portugueses

Continente é a marca portuguesa mais empática. Dizem os portugueses

quinta, 20 abril 2017 13:07

O Continente é a marca nacional mais referida, considerando a recordação espontânea, no estudo sobre a empatia das marcas em Portugal da comOn. O relatório "Who Cares" teve como objetivo conhecer a perceção dos portugueses sobre a capacidade de as marcas responderem às suas necessidades, sentimentos e dificuldades.

Depois das 353 menções do Continente surge o Pingo Doce (255), a Nestlé (191), em quarto o Lidl (121) e a completar o Top 5 das marcas portuguesas mais empáticas está a MEO (100). Segundo o relatório, esta secção teve o intuito de perceber que associações livres os portugueses fazem entre empatia e marcas através da pergunta: "Quais as 5 marcas portuguesas que considera terem a capacidade para adivinhar os sentimentos, as maiores necessidades e dificuldades dos consumidores e oferecer produtos ou serviços que respondem a isso?"

Já considerando o total das 50 marcas analisadas neste estudo, a Google foi aquela que os portugueses consideraram ter mais empatia, independentemente do género, idade, rendimento, educação e região de Portugal. Apesar disso, segundo os dados, verifica-se que o retalho e distribuição ultrapassa a tecnologia quando o nível de empatia é considerado por categoria. Em terceiro surge a beleza. Já nas categorias com menos empatia estão os transportes, seguros e banca.

O estudo conclui que o grau de empatia de uma marca pode estar associado ao seu valor de mercado e que as marcas mais empáticas parecem ser as mais úteis. Acrescenta ainda que os preços baixos e o maior volume de investimento publicitário podem influenciar, mas não são suficientes para criar mais empatia com os consumidores.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial