Briefing

Início > Marketing > EDP oferece energia a quem estiver Alive

EDP oferece energia a quem estiver Alive

quinta, 06 julho 2017 11:46

A EDP regressa ao NOS Alive e pretende ter uma relação mais direta com os consumidores. Para isso, vai oferecer a possibilidade destes ganharem um mês de energia e outros brindes e experiências durante o festival. A ativação desenvolve-se com o mote "Powered by imagination".

Através do conceito, a marca pretende reforçar o seu posicionamento na área da música. "Este 'Powered by imagination', no fundo, é um sinal que queremos dar a todos, que é: entrem, esta casa é vossa, libertem a vossa imaginação, criem. Isso fez-se através da dança, do ritmo no ringue de patinagem, da personalização de t-shirts. Não podemos deixar a imaginação adormecer porque no fundo é essa imaginação que nos mantem vivos e nos faz querer inovar, superar obstáculos e fazer mais e melhor", explica a diretora de comunicação da EDP, Ana Sofia Vinhas, na apresentação da ativação da marca durante a tarde de quarta-feira.

A EDP afirma-se como "a energia oficial da música" e desafia agora "os festivaleiros a dançar" com ritmo ao sortear um mês de energia, três vezes por dia. Para se habilitarem ao prémio, os participantes terão de demonstrar as suas skils no primeiro ringue de patinagem do festival que se encontra no stand EDP. No local, a marca vai também distribuir capas de telemóveis e t-shirts personalizadas. Os mais criativos habilitam-se a receber hoverboards. Foram ainda recuperados "dois clássicos", maquilhagem com glitter e uma máquina de gancho com brindes. Haverá ainda dois concertos intimistas.

Mas as ativações não se cingem ao stand EDP, no recinto haverá em circulação mochilas para carregar telemóveis e um urso vermelho da marca, que pretende passar boa energia aos festivaleiros com uma placa com frases divertidas.

Este será o segundo ano consecutivo da Rua EDP, que com 150m apresenta a recriação de edifícios tipicamente portugueses. De forma a mostrar o apoio à cultura nacional, no local existe o palco EDP Fado Café, com música portuguesa, e este ano, a Rua EDP tem presente uma loja de merchandising do MAAT. Segundo Ana Sofia Vinhas, a EDP tem a "responsabilidade de apoiar a música, a arte e a cultura".

"A EDP tem apoiado a levar a cultura portuguesa para fora", realça o CEO da Everything is New, Álvaro Covões.

Mas não é só, a diretora de comunicação da EDP acrescenta ainda que a sustentabilidade é uma preocupação e, por isso, a marca reutiliza as estruturas de anos anteriores. "Este ano havia conceitos que para nós são naturais e fazem parte do ADN da marca e dos seus valores, uma marca humana, sustentável e inovadora. Temos um espaço no recinto construído todo ele com materiais reciclados, com luz natural, leds, relva, painéis solares que tornam o stand autossuficiente", explica.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Vídeo


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial