Briefing

Início > Media > A Fuel fez uma "caixa surpresa" para o Público

A Fuel fez uma "caixa surpresa" para o Público

segunda, 11 janeiro 2016 12:44

Para assinalar o primeiro ano do ataque terrorista ao jornal satírico Charlie Hedbo, em Paris, a Fuel criou para o Público uma "caixa surpresa". Enviada para vários jornais, nela os lápis ganham forma de bomba numa tentativa de lembrar que todos devem continuar a "defender a liberdade de expressão".

"Passado um ano, sentimos no Público que tínhamos de fazer mais alguma coisa, para que um ano depois o Charlie Hebdo não fosse apenas uma efeméride marcada burocraticamente pelos jornais. E fizemos esta caixa, que oferecemos a colegas de jornais um pouco por todo o mundo", explica a diretora do diário, Bárbara Reis.

Foram feitas e enviadas 15 caixas para jornais da Europa, Estados Unidos e América Latina, a par de um email com o vídeo que explica o conceito da campanha, e que pode ser visto no site do Público.

"Esta caixa tem a intenção de criar um momento, uma pausa, e lembrar "que esta é a nossa arma, não podemos deixar de escrever sem medo, de desenhar sem medo. E que, no fundo, todos nós temos que defender a liberdade de expressão", afirma a diretora do Público.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial