Briefing

Início > Media > Há fotografias por uma causa na Fundação das Comunicações

Há fotografias por uma causa na Fundação das Comunicações

segunda, 17 julho 2017 12:24

Tudo começou quando o fotojornalista da Lusa António Cotrim foi destacado para fazer a cobertura do incêndio de Pedrógão Grande. O que viu deixou-o impressionado e levou-o a partilhar, no Facebook, o desejo de fazer algo mais: nasceu assim o projeto "Uma imagem solidária".


Cinco dias depois do incêndio que matou 64 pessoas, era criada na rede social a página que viria a mobilizar fotógrafos portugueses, mas não só, sob o mote "O melhor de cada um de nós para o melhor de todos nós''.

A ideia é que cada um doasse uma foto, que seria depois adquirida pelo público em geral, com o valor da venda a reverter para os bombeiros de Castanheira de Pera.

Cerca de 200 responderam ao apelo, entre colegas de Cotrim na Agência Lusa – André Kosters, Tiago Petinga, Mário Cruz – e ex-colegas como Cristina Fernandes (a primeira fotojornalista portuguesa a trabalhar numa agência de notícias, a ANOP), mas também fotojornalistas de outros meios, como Homem Cardoso, Alfredo Cunha e Luiz Carvalho, e de agências internacionais, como a Reuters, a France Press e a Associated Press, e de outros países, como o Luxemburgo e a Alemanha.

As fotografias doadas vão ser protagonistas de uma exposição improvisada na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Lisboa: estarão simbolicamente suspensas, penduradas numa espécie de floresta. Podem ser adquiridas por 20 euros cada. Esta quarta-feira, dia 19.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Modificado em segunda, 17 julho 2017 13:29


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial