Briefing

Início > Publicidade > Agora é mais fácil medir o impacto dos anúncios

Agora é mais fácil medir o impacto dos anúncios

quinta, 29 janeiro 2015 10:58

O Facebook acaba de anunciar uma forma simplificada de medir a conversão da performance. A partir de agora, os anunciantes vão poder determinar quais as vendas adicionais geradas pela visualização de anúncios, nos vários dispositivos.

Estudos da Datagolix demonstraram que mais de 90% das pessoas que visualizaram um anúncio no Facebook e, em seguida, procederam a uma compra em loja, "na realidade nunca chegaram a clicar no anúncio". O que demonstra que contabilizar cliques/conversões e medidas por correlação é um modelo desatualizado.

Assim, ao recorrer ao cálculo de performance, um anunciante consegue determinar o aumento de vendas que os anúncios geraram, e com base nesses dados, delinear estratégias de marketing.

O Facebook informa que, quando uma marca lança uma campanha nesta rede social, é estabelecido um grupo de teste (utilizadores que veem anúncios) e um grupo de controlo (utilizadores que não veem). No final da campanha, os anunciantes conseguem determinar que vendas foram geradas, por que anúncios e perceber a performance adicional gerada pelo grupo de teste.

A rede social encoraja, desta forma, a indústria da publicidade a adotar a performance como medida padrão e a acreditar que é a melhor forma de provar a eficácia dos anúncios, sendo também uma resposta  aos desafios de medição: a confiança excessiva no valor dos cliques, tecnologia desatualizada ou métodos de teste pouco eficazes.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2016 briefing     Ficha Técnica  Estatuto Editorial