Media: Diretor de Informação da RTP chamado ao Parlamento

Lisboa, 21 dez (Lusa) – A Comissão Parlamentar de Ética aprovou hoje a
audição do diretor de informação da RTP solicitada pelo PSD por
subrepresentação do partido na informação político-partidária dos canais
estatais.


O requerimento do PSD, hoje aprovado com a abstenção do
PS, foi apresentado a 15 de dezembro e surge na sequência do relatório
anual da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), que indica
ter existido uma subrepresentação do Partido Social Democrata na
informação político-partidária dos canais estatais

Quando o
requerimento foi entregue, a deputada social-democrata Carla Rodrigues
disse que nos documentos da ERC referentes a 2007, 2008 e 2009
verificou-se uma “subrepresentação” do PSD nos dias da amostra na RTP1,
RTP2 e RTPN, com os valores de presença do partido a ficarem abaixo da
referência da entidade reguladora.

Os valores de representação do
Governo e do PS, por seu turno, situaram-se acima da referência da ERC,
sustentou a deputada ‘laranja’.

O presidente da ERC, Azeredo
Lopes, reconheceu na audição parlamentar para apresentação do relatório a
“tendência consolidada” da “subrepresentação do principal partido da
oposição” no serviço público de televisão.

Para o responsável, tal
situação não é, todavia, surpreendente. Azeredo Lopes sublinhou no
entanto que a margem de erro na análise situa-se “entre os 10 e 15 por
cento”, reiterando que poderia ser feita uma “avaliação mais objetiva”
sobre o contrato de concessão de serviço público.

GC/NL/PPF.

***
Esta notícia foi escrita ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/Fim

Terça-feira, 21 Dezembro 2010 15:05


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor