Estradas de Portugal registou lucro de 110 milhões de euros em 2010

Lisboa, 25 jan (Lusa) – A Estradas de Portugal (EP) encerrou o ano de
2010 com um lucro de 110 milhões de euros, uma subida face aos 74,5
milhões de euros registados no ano anterior, disse hoje o secretário de
Estado das Obras Públicas.


Paulo Campos, que falava na comissão de
Obras Públicas, Transportes e Comunicações, disse que a EP fechou o ano
passado com um lucro de “110 milhões de euros”, um aumento
“considerável” face aos resultados líquidos alcançados em anos
anteriores.

O secretário de Estado afirmou tratar-se de uma
“evolução extremamente positiva no caminho da sustentabilidade” da
empresa liderada por Almerindo Marques.

Paulo Campos acompanha o
ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações e o secretário
de Estado dos Transportes numa audição requerida pelo Bloco de Esquerda
sobre os planos de reestruturação das empresas e o aumento do preço dos
transportes.

O Governo decidiu criar o grupo de trabalho
responsável por desenhar um novo modelo de gestão e financiamento para a
EP, que tinha que ter a sua proposta concluída até 15 de janeiro para
aplicação até março.

O secretário de Estado das Obras Públicas
disse na segunda-feira que não tinha recebido o relatório sobre o novo
modelo de financiamento da EP.

O anúncio da criação de um novo
modelo de financiamento da EP foi feito no Parlamento pelo ministro
António Mendonça a 15 de novembro do ano passado.

CSJ

***
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/Fim

Terça-feira, 25 Janeiro 2011 17:28


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor