ERC deu luz verde à rádio de Rangel

emidiorangel_pagina.jpg
A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) deu luz verde à venda da Rádio Europa Lisboa e à sua mudança de estação musical para informativa, ficando a cargo de Emídio Rangel.

O pedido da Sociedade Franco Portuguesa de Comunicação feito à ERC, a 20
de Dezembro, para alteração do projecto de temático musical para
temático informativo foi agora aprovado, passando a ser propriedade da
Dreamradios, empresa fundada em Junho do ano passado e tendo como sócios
Emídio Rangel, Jorge Schnitzer e Zélia Fernandes, que exerce controlo
total sobre a actividade da empresa.

Segundo o operador e a sociedade cessionária, a presente alteração visa
“criar uma estação de rádio temática informativa em que a informação
seja um dos produtos essenciais”, pode ler-se na deliberação, onde é
ainda referido que “para o efeito, os interesses do país, das regiões ou
localidades, os quais se encontrarão melhor assegurados por uma rádio
com programação temático-informativa que preste um bom serviço
informativo, bem como razões de índole financeira, tendo em conta que
existe a pretensão de ‘alterar o formato da estação que pretende passar a
viver exclusivamente de receitas publicitárias’ “.

A deliberação da ERC refere ainda que “no que concerne aos recursos
técnicos e humanos afectos ao projecto, mantêm-se todos aqueles que
neste momento se encontram ao serviço da Sociedade Franco Portuguesa de
Comunicação, S.A.”.

Recorde-se que a venda da estação que emite para a Grande Lisboa a
Emídio Rangel foi conhecida no verão do ano passado e é apontada como um
dos pilares de um novo grupo de media constituído, para além da rádio,
por um semanário e um canal televisivo.

Fonte: Briefing

Quarta-feira, 26 Janeiro 2011 16:00


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor