Douro Film Harvest com Laboratório Audiovisual

douro_film_harvest
O Douro Film Harvest organiza este ano o Laboratório Audiovisual Ibero-americano, a 8 e 9 de Setembro, no Vintage House Hotel, no Pinhão, no quadro das Harvest Talks. Com este encontro de profissionais, o certame quer promover a análise de novos fenómenos, contextos de financiamento, produção e distribuição de conteúdos cinematográficos, e modelos de negócio que possam ajudar à expansão da produção.

Depois de na edição anterior ter reunido Edson Athayde, Antonio Alaby e Laurence Bergreen, o DFH dá continuidade às Harvest Talks, com o Laboratório Audiovisual Ibero-americano. Vários peritos internacionais, com destaque para o mercado ibero-americano, têm já presença confirmada nas palestras, painéis e apresentações de estudos de casos.

O dia 8 de Setembro, quinta-feira, abre com uma mesa redonda sobre “As novas formas de financiamento”, antes da conferência “Como se articula a co-produção de filmes televisivos em Portugal”, por Fernando Vendrell, cineasta que produziu “O Herói”, vencedor da World Dramatic Competition do Festival Internacional de Sundance 2005. “Os novos modelos de negócio que ajudam a expandir a produção” é o tema que Luis Ángel Ramírez traz a debate. Membro da European Audiovisual Entrepeneurs e da Academia de la Cinematografía de España, entre outros, Luis Ángel Ramírez é produtor de numerosas obras de cinema, ficção e documentários, em particular co-produções entre a América Latina e a Europa.

Pandora Gagnon da Cunha Telles, produtora de “Mistério da Estrada de Sintra” e “Terra Sonâmbula”, e a única portuguesa a integrar o Club du Producteur European, aborda depois os “Modelos de Co-produção entre Espanha / Portugal e África /América Latina”. Um tema que Pablo Iraola vai aprofundar com a apresentação de casos práticos em “Co-produções de êxito entre África, países europeus e América Latina”. Ele é o responsável dos negócios internacionais da produtora argentina cinematográfica Patagonik, referência no mercado internacional.

Na sexta-feira, a reflexão continua com a mesa redonda “Distribuição e novos modelos de negócio”. Luis Ángel Ramírez falará em seguida sobre “Como funciona actualmente a distribuição em salas e a distribuição em vídeo: intervenientes principais, posicionamento, plano de marketing e materiais promocionais”. “A distribuição do futuro: As novas tecnologias, o mundo online, a oferta e as implicações para os diferentes intervenientes do mercado audiovisual” são os tópicos da intervenção de Ralph Haiek, fundador da The Other Screen, companhia dedicada a produzir, adquirir e distribuir conteúdos alternativos para os cinemas ibero-americanos.

A encerrar o Laboratório Audiovisual Ibero-americano, Annabelle Aramburu apresenta o caso prático “Projectos audiovisuais ligados a novas tecnologias.” Annabelle Aramburu gere a organização Ocean Communications, de eventos audiovisuais relacionados com comunicação e media, e a Sherede Producciones Audiovisuales.

Verdadeira plataforma cultural e enoturística, o Douro Film Harvest decorre este ano de 5 a 11 de Setembro, em Alijó, Pinhão, Favaios e Vidago. Nesta edição dedicada ao Brasil, convida o realizador Cacá Diegues e o actor José Wilker. O DFH trouxe já a Portugal, pela primeira vez, Sophia Loren, entre outros grandes nomes da Sétima Arte – como a actriz Andie MacDowell, os realizadores Carlos Saura e Milos Forman, e compositores e músicos, tais como Gustavo Santaolalla e Kyle Eastwood.

Organizado pela Turismo do Douro, o evento é presidido por Manuel Vaz, tem direcção artística do produtor, realizador e CEO da Duvideo, Ivan Dias, e conta com o apoio do Turismo de Portugal e co-financiamento do programa Operacional da Região Norte (ON2).

Fonte: LPM

Quinta-feira, 04 Agosto 2011 10:03


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor