Gatewit é uma marca para o futuro, diz CEO

PVPaulo_CEO_Gatewit_-_PEQ

“A nova marca representa para nós o futuro”. É assim que Pedro Vaz Paulo, o CEO da empresa Gatewit, a ex-Construlink, define a importância da mudança. Os 10 anos de actividade, que está a comemorar, e a aposta em novos mercados levaram à criação de um novo nome e da nova marca. Numa entrevista ao Briefing, o responsável da empresa explicou o porquê destas alterações.

 

Porque é que a Construlink passou a Gatewit?
O objectivo da mudança de designação foi criar um certo distanciamento quanto da palavra construção, que remetia um sector ao qual a empresa esteve mais ligada no seus primeiros anos de actividade. Além disso, o processo de rebranding foi desenhado e implementado com o propósito de acompanhar o momento de crescimento da empresa, bem como a sua entrada nos mercados internacionais. Com a criação da nova marca Gatewit e toda a nova imagem associada a empresa marca assim uma fase da sua existência, avançando para novos mercados ao mesmo tempo que diversifica a sua oferta de soluções associadas às tecnologias de informação.
 
Quais foram os principais desafios colocados pela operação de rebranding?
Um dos principais desafios foi conseguir criar uma marca capaz de transmitir a força do que nos distingue e do que nos posiciona. Uma marca é a nossa identidade, a forma de expressar os nossos valores, a nossa forma de estar e representa a imagem que desejamos que tenham de nós. Daí que um dos principais desafios no decorrer deste processo foi o envolvimento com a equipa e todos os stakeholders, conseguindo passar ao mercado a imagem do poder que temos. Poder esse que sabemos que se traduz no conhecimento que já acumulámos e que continuamos a fazer crescer todos os dias.
 
Que valores é que a empresa pretende passar com a nova marca?
Completando o que dizia anteriormente, era muito importante para nós conseguir transmitir a força do conhecimento e da qualidade que sabemos que reside na Gatewit, aliada à confiança nos nossos recursos, nossa capacidade de trabalho. Queríamos conseguir tudo isto com a convicção, o orgulho e a segurança de quem sabe o que faz.
Porque é que a nova marca é importante na estratégia de internacionalização?
A nova marca representa para nós o futuro. O crescimento que a empresa registou nos últimos anos conduziu à criação de novos produtos e serviços, diversificando assim a nossa oferta. Ora foi precisamente neste momento de desenvolvimento e mudança que surgiu a certeza de que o nosso futuro passa por novos mercados, novos mundo onde levar o nosso know-how. Desta forma não fazia para nós qualquer sentido entrar em mercados onde queremos afirmar-nos no curto prazo, com uma marca que achamos reflecte mais o nosso passado.
Fonte: Briefing

Quarta-feira, 21 Setembro 2011 23:51


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor