IPAM realiza estudo sobre aroma nos espaços públicos

ipam
O IPAM – The Marketing School realizou um estudo – com base em dois mil questionários feitos em cadeiras hoteleiras, ginásios, lojas, grandes superfícies e um aeroporto nacional – sobre a aromatização de espaços públicos, onde conclui que são os ginásios e as lojas de retalho os locais que, por via do cheiro, despertam mais emoções positivas nos portugueses.

Segundo o estudo, intitulado “Percepção dos Consumidores sobre Marcas Perfumadas” e realizado em parceria com a empresa nacional especialista no desenvolvimento de perfumes personalizados I-SENSIS, 70 por cento dos consumidores reconhecem o cheiro dos espaços públicos. Dos mesmos, quatro em cada cinco mostram-se agradados com os aromas que encontram.

A análise revela também que o cheiro dos hospitais, health clubs e transportes suscita calma, enquanto o das lojas de roupa, unidades de retalho e entretenimento provocam elevados níveis de entusiasmo. Já os ginásios são os espaços que criam uma maior relação com o consumidor através do aroma, ao passo que as lojas de roupa e os stands de automóvel incentivam à compra. Os espaços de telecomunicações e as cadeias hoteleiras são os que geram uma menor relação com os consumidores portugueses, quer a nível afectivo, quer comportamental.

Apesar de o olfacto não determinar o processo de compra, acaba por influenciar a permanência do consumidor num determinado espaço comercial. Para além disso, a aromatização de locais públicos cria uma sensação de prazer, que se verifica nas características que os portugueses atribuem às marcas, como qualidade, atractividade e inovação. Contudo, tal factor não leva necessariamente ao acto da compra, uma vez que, de acordo com o estudo, a relação afectiva com as fragrâncias é superior à dimensão comportamental.

Fonte: Central de Informação

Terça-feira, 27 Setembro 2011 10:00


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor