APRITEL quer ser “parte da solução para o País”

APRITEL quer ser “parte da solução para o País”
“O estudo hoje apresentado vem reforçar o compromisso que a atual direção da APRITEL assumiu publicamente no início do seu mandato. A APRITEL não faltará nunca à chamada e está determinada em fazer parte da solução para o país”, disse hoje a presidente da instituição, Ana Paula Marques, na apresentação do estudo “Estado 2020”.

O estudo, intitulado “Estado 2020”, tem como objetivo “refletir sobre o modo como as tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) podem assumir um papel crítico numa dinâmica de transformação que ultrapassa as fronteiras da administração pública e que trará benefícios a todos os sectores da sociedade e economia”.

São apontadas 50 medidas em quatro pilares agregadores dos objetivos enunciados: eficiência; racionalização de custos; transparência e acessibilidade; orientação para o cliente e balcão único.

Para alcançar uma maior eficiência, a APRITEL – Associação dos Operadores de Telecomunicações sugere reestruturar e garantir a digitalização total dos processos internos da Administração Pública, numa lógica end to end. No âmbito da racionalização de custos, são propostas medidas como, por exemplo, a evolução da administração pública para ferramentas de trabalho convergentes.

No domínio da acessibilidade e do balcão único, é proposto, entre outras medidas, maximizar a inclusão digital por via do desenvolvimento de parcerias que visem a criação de meios de acesso alternativos baseados em suportes como a televisão e o multibanco, cuja utilização é acessível a alguns dos segmentos da população com dificuldades em aceder às novas tecnologias.

Por último, visando uma maior transparência e orientação da Administração Pública para as necessidades dos utilizadores, é sugerido, entre outras, garantir uma contratação pública eficiente o que requer uma plataforma única e central de contratação pública.

Fonte: LPM

Quinta-feira, 16 Fevereiro 2012 13:19


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor