Europa: Investimento em door drops cresce

Europa: Investimento em door drops cresce

O investimento em door drops na Europa continua a crescer, ascendendo o mercado de distribuição publicitário a cerca de 108 milhões itens, o que se traduz num investimento médio de cerca de 3,8 mil milhões de euros neste meio. A conclusão surge no primeiro estudo Pan-Europeu sobre distribuição de folhetos elaborado pela European Letterbox Marketing Association (ELMA).

A Mediapost Portugal, representante da ELMA em Portugal, é a responsável pela apresentação do estudo, que abrangeu 20 mercados.

Segundo o estudo, o volume de mercado aumento 0,5 por cento com um investimento acrescido de 1,5 por cento em comparação com 2009. No ano anterior, registou-se uma diminuição global em volume que resultou do início da recessão, no entanto o sector conseguiu recuperar rapidamente principalmente devido aos resultados nos países de Leste.

Entre 2009 e 2010 registou-se também um crescimento na Áustria, Noruega, Alemanha e Suíça. Sendo que as maiores quebras de volume registaram-se na Bélgica, Itália, Países Baixos, Portugal e Espanha.

Quanto aos maiores volumes por país durante o ano de 2010, no topo da lista encontra-se Alemanha (31,5 mil milhões), seguida da França (19.000 milhões), Holanda (11,684 milhões), Itália (8,100 milhões) e Reino Unido (7.905 milhões de unidades). Em Portugal, o volume total encontra-se no décimo terceiro lugar com 1.656 milhões de exemplares.

Em termos de número médio de folhetos semanalmente recebidos pelas famílias na Europa, há uma diferença significativa entre os países com maior e menor quantidade de folhetos. As famílias na Holanda recebem em média 37 folhetos por semana, em comparação com a Irlanda e Roménia que recebem apenas dois. O número médio de itens recebidos pelas famílias em toda a Europa é 12 e de oito em Portugal.

“Os dados do estudo são positivos pois confirmam que o mercado continua em crescimento, mostrando assinalável resiliência face à contração nos investimentos que se verificaram na generalidade dos outros media. A nível Europeu, apenas existe uma pequena contração no sul da Europa. E, curiosamente, os países onde se verifica um maior aumento das campanhas com folhetos publicitários são também aqueles em que se verifica igualmente um maior recurso aos media online, o que traduz a excelente complementaridade entre estes dois canais”, referiu Pedro Barroso, administrador delegado da Mediapost Portugal ao analisar o estudo da ELMA.

A ELMA representa os principais distribuidores postais europeus de folhetos, panfletos, catálogos, jornais e amostras grátis de produtos. O intuito da associação é assegurar as normas de qualidade das operações realizadas pelos membros e promover o media caixa de correio. A Mediapost é membro da associação e representa-a para o mercado Português.

Fonte: GCI

Terça-feira, 17 Julho 2012 11:43


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor