Moda americana de doughnuts chega a Lisboa

Moda americana de doughnuts chega a Lisboa
A Roscoking chega na quinta-feira (22) a Lisboa e pretende disponibilizar a mais tradicional pastelaria americana, gelados artesanais, grande variedade de cafés, além de uma extensa lista de bebidas frias. O responsável pela comunicação da Roscoking Portugal, Ruben da Costa, explicou ao Briefing as razões da introdução do conceito em Portugal.

Este é um franchise da marca Roscoking Espanha que abre a primeira loja em Portugal, mas que já tem projetado para 2013 a abertura de um outro espaço.

Briefing I Quais as razões que levaram a Roscoking a apostar no mercado Português?
Ruben da Costa I O interesse da abertura da cadeia Roscoking em Portugal, surgiu após a realização de estudos de mercado conclusivos que salientaram uma lacuna existente no mercado português de produtos de alta qualidade de pastelaria americana e gelados artesanais naturais, a um preço acessível e com excelência de serviço de atendimento para o cliente.
A instalação do conceito em Portugal passou por um processo de adaptação ao mercado português, incluindo novos produtos não comercializados em Espanha como as sopas, pastéis de nata, quiches e salgados variados.

Briefing I Qual será a estratégia da marca para se afirmar no mercado nacional?
RC I Apostamos numa estratégia simples mas altamente eficaz. Uma estratégia comercial que assenta na venda de produtos a preços reduzidos e de qualidade reconhecida, na prestação ao cliente de um serviço rápido e ágil e na pluralização das nossas possibilidades de venda, tanto pela diversificação e amplitude de gama de produtos, como pela extensão do nosso mercado potencial.
Todas as pessoas fazem parte do nosso público-alvo, uma vez que, que o consumo de pastelaria americana permite aceder a um mercado realmente extenso.
O público em geral encaixa no conceito Roscoking, o nosso produto está destinado a todas as idades e a níveis socioeconómicos distintos. São produtos elaborados com matérias-primas naturais e de qualidade que permitem serem consumidos todos os dias da semana e a qualquer hora do dia.
Partindo da amplitude do mercado alvo, mediante a configuração da oferta de produtos e dos seus formatos de venda, permite-nos maximizar determinados produtos em função de diversas variáveis, como ações de oferta promocionais. A política de preços dos produtos encontra-se posicionada num nível bastante ajustado de acordo com a qualidade e exclusividade que Roscoking oferece.

Briefing I Estão pensadas algumas ações para ativação da marca?
RC I Numa primeira fase queremos apostar na excelência do serviço ao cliente, tanto em termos de atendimento como de qualidade dos produtos, para que sai satisfeito e o recomende, o chamado boca-a-boca. Um ponto de venda com comunicação clara e que transmite confiança e um cartão que premeia os clientes mais fiéis fazem parte da estratégia.
Para o estabelecimento do conceito em Portugal, teremos presença nos Media, Imprensa Generalista, Imprensa Especializada e redes sociais. Vamos fazer parte de diversos Guias (Turísticos, Gastronómicos e de Lazer), não só para comunicarmos ao turista estrangeiro, como o nacional e até mesmo aquelas pessoas que fazem turismo dentro da própria cidade.
Estamos a estabelecer contatos com empresas e associações no sentido de criar protocolos que beneficiem ambas as partes. Temos o caso da Associação Salvador, sendo a Roscoking “amiga” da associação, todos os que forem portadores do cartão “Amigo”, beneficiam de um desconto. Esta parceria foi pensada uma vez que a loja possui infraestruturas únicas para pessoas com mobilidade reduzida.

Briefing I Qual a mais-valia que pretende trazer para o mercado nacional?
RC I A Roscoking vem preencher uma lacuna existente no mercado nacional em termos de pastelaria americana. Produtos inovadores, de qualidade e acessíveis a todos.
A Roscoking pretende ainda contribuir para o desenvolvimento da comunidade envolvente. Esta primeira loja em Portugal localiza-se num dos sítios mais emblemáticos de Lisboa, a baixa da cidade, desta forma dedica um local da loja que serve como “Posto de Turismo” com informações culturais e turísticas constantemente atualizadas bem como divulgação de serviços turísticos na cidade.
Atenta ao problema da mobilidade reduzida, e como empresa socialmente responsável, a Roscoking implementou diversas funcionalidades na sua loja, tendo em vista melhores condições de acessibilidade para os seus clientes.
A loja possuiu infraestruturas únicas em Portugal adaptadas para deficientes motores. Rampa de acesso, instalações sanitárias adequadas, balcão com reentrância permitindo que se encoste a cadeira para efetuar o pedido, o pagamento e o levantamento do tabuleiro, tornando possível o deficiente motor ser 100 por cento autónomo. Mobilidade e plena autonomia para todos os clientes é um objetivo.

Briefing I Que produtos terão à venda para além dos donuts?
RC I Ao bom estilo Americano e para além dos doughnuts, a Roscoking dispõe ainda uma grande variedade de waffles, pancakes, brownies, cookies, crepes entre outros. Grande variedade de cafés, chocolate-quente, infusões orgânicas e uma extensa lista de bebidas frias.
Os produtos destacam-se pela qualidade, sabor, ingredientes naturais (livre de gorduras animais), percentagem mínima de gordura devido à sua baixa absorção de óleo durante a fritura e à sua elaboração com óleo vegetal.
A ampla variedade de produtos disponíveis na loja Roscoking permite desde pequenas refeições, como o pequeno-almoço e o lanche, a refeições completas.

Fonte: Briefing

Terça-feira, 20 Novembro 2012 11:08


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor