BlackInk quer ser referência na produção audiovisual

BlackInk quer ser referência na produção audiovisual (com vídeo)
Tem a sua génese do Porto, mas acaba de se expandir para Lisboa, com uma mudança na identidade visual mas também no posicionamento: é que a BlackInk quer deixar de ser uma start up e, como disse ao Briefing o diretor-geral, João Rito, afirmar-se como uma referência na produção e pós-produção audiovisual.

 

O projeto começou em 2010, ao abrigo do Centro de Criatividade Digital da Universidade Católica do Porto. Três anos depois, chega a Lisboa, uma expansão justificada pelo diretor-geral com a necessidade de estar mais perto dos clientes: “A conjuntura atual acabou por levar a que tentássemos estar mais perto dos nossos clientes: agências de comunicação, departamentos de marketing das empresas. Foi uma necessidade quase imperativa”.

Estar mais próximo da Fuel TV também foi determinante nesta mudança: “A BlackInk tem no seu código genético uma forte ligação aos desportos de ação, tendo desenvolvido conteúdos variados relacionados com a temática do surf, bodyboard e desporto em geral. A possibilidade de estarmos a operar junto aos estúdios da FuelTV reveste-se, para nós, de uma importância estratégica determinante”, adianta João Rito.

A mudança geográfica foi acompanhada de uma mudança de identidade visual, mas também de posicionamento. Neste último caso, diz João Rito que se tornou “muito mais pró-ativo e maduro”. E explica: “A linguagem por detrás dos nossos conteúdos é irreverente, talvez por termos uma matriz associada aos desportos de ação. Quisemos assinalar isso mesmo com uma mudança na nossa identidade visual. Deixámos de ser uma start-up para passarmos a ter o nosso próprio espaço. A empresa tem a ambição de ser uma referência na produção e na pós-produção audiovisual”.

Para já no caminho da produtora estão marcas do universo Portugal Telecom – TMN, Moche e MEO. Exemplo disso é a recente curta-metragem “Ensaio Final”, realizada para a MEO com o objetivo de documentar os momentos de preparação de duas equipas históricas da liga portuguesa de rugby.

BlackInk from BlackInk on Vimeo.

Fonte: Briefing

 

Segunda-feira, 20 Maio 2013 11:11


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor