Jornalista que revelou documentos de Snowden sai do Guardian

O jornalista e advogado Glenn Greenwald, que revelou no The Guardian os documentos de Edward Snowden sobre a espionagem em larga escala feita pelos serviços secretos britânicos e norte-americanos, vai sair do jornal e criar uma nova publicação.

 

Segundo o BuzzFeed, que deu a notícia em primeira mão, Greenwald vai fundar um projecto que é “o sonho de qualquer jornalista” e cujas contornos serão revelados brevemente.

Em declarações ao site, o jornalista afirmou que a sua parceria com o Guardian tinha sido gratificante e proveitosa mas não podia deixar de aceitar uma “oportunidade única na carreira que nenhum jornalista poderia recusar”.

Greenwald afirmou que quer o projecto quer os apoios financeiros serão divulgados publicamente. A sua função, para além da escrita e da reportagem vai ser a de recrutar jornalistas e editores que “partilhem os mesmo valores de jornalismo”. O novo projecto vai estar focado no jornalismo político embora também tenha outras áreas, como desporto e entretenimento.

O jornalista continuará a viver no Rio de Janeiro mas o projecto que vai integrar tem as suas “sedes” principais em Washington, Nova Iorque e São Francisco.

briefing@briefing.pt

Terça-feira, 15 Outubro 2013 21:54


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor