Sabe como usar o pay per click? Pergunte ao Pedro Silva

Pedro Silva, AdComO ex-Google Pedro Silva quer ajudar as empresas portuguesas a desenvolver a parte online dos seus negócios. Para isso expandiu a AdCom em Portugal, onde já estava desde 2012. O empreendedor diz ao Briefing que a sua agência, que tem sede em Dublin, é a única em Portugal com staff com experiência interna Google e quase uma década de experiência a trabalhar em mercados internacionais como o Reino Unido, Irlanda e EUA.

Briefing | Porque é que surge agora o projeto de expansão?

Pedro Silva | O projeto de expansão no mercado português surge da ideia de que as empresas nacionais necessitam de estar mais presentes na economia digital. Temos notado que as empresas que mais rapidamente adotaram o online como canal de vendas têm resistido melhor ao impacto da atual recessão do que aquelas que operam exclusivamente offline. A nossa intenção é ajudar as empresas portuguesas a desenvolverem a parte online dos seus negócios e a tornarem-se mais competitivas. A AdCom tem neste momento a estrutura e a capacidade de se expandir em Portugal, sendo que a oportunidade é imensa. O número de empresas portuguesas atualmente a fazer negócios online é bastante baixo, o que representa um mercado ainda por explorar por uma agência de marketing online.

Briefing | O que é que adCom propõe de inovador em relação às agências que já estão no mercado?

PS | A AdCom é a primeira agência em Portugal a trabalhar exclusivamente publicidade Pay per Click, Search Engine Optimization e Gestão de Social Media. A tecnologia que utilizamos para a gestão de PPC, SEO e Social Media foi desenvolvida internamente e permite-nos fazer uma gestão perfeita e em tempo real de todos os elementos que compõem o mix de marketing online. Isto é algo inovador, não apenas em Portugal mas também internacionalmente. Isto significa que, por exemplo, somos capazes de identificar em tempo real todas as palavras-chave relevantes para o negócio de um cliente e maximizar a qualidade do tráfego de uma forma contínua.

Por outro lado, a nossa equipa tem formação contínua em Marketing Online, que é um dos pontos centrais da AdCom. A nossa agência é, ainda, a única em Portugal com staff com experiência interna Google e quase uma década de experiência a trabalhar em mercados internacionais como o Reino Unido, Irlanda, Estados Unidos, etc.

Briefing | Já trabalham com empresas portuguesas? Quais?

PS | Já trabalhamos com empresas em Portugal como a Fixeads e seus sites OLX, Standvirtual, Imovirtual e Coisas.com, Salsa e Sweets4U, por exemplo. As campanhas AdWords do OLX foram criadas e desenvolvidas pela AdCom.

Briefing | Como é que as empresas devem aproveitar as potencialidades do AdWords e do SEO?

PS | É muito importante que as empresas tenham uma presença web, nomeadamente através de AdWords e SEO, visto que o online é por excelência um canal de vendas. As pessoas estão cada vez mais online e activamente pesquisam por produtos, serviços e empresas. Mesmo que muitas vezes a compra efectiva de um produto ou serviço ocorra fisicamente numa loja, existe todo um processo de pesquisa, investigação e comparação que é feito online e que serve para a tomada de decisão de compra. Isto é aquilo a que chamamos de ROPO (research online, purchase offline).

Os utilizadores estão online e portanto é vital que os negócios comuniquem com eles. Ter boas posições nos motores de busca pode ter um impacto incrível numa empresa e aumentar imenso o seu volume de negócios. Internacionalmente, tive a oportunidade de ver indústrias inteiras a adoptarem o online como canal principal de vendas. Os resultados muitas vezes foram incríveis. Tomemos por exemplo a indústria do turismo. Produtos como viagens, voos e hotéis são marcados online, mais do que nunca. Esta indústria fez a passagem de um negócio puramente offline para o mundo online muito rápido, alterando completamente o perfil das empresas que operam este mercado. Isto para além de o online ser também o veículo perfeito para a internacionalização das empresas para outros mercados, passando a ser extremamente fácil e rápido chegar a utilizadores localizados noutros países.

hs@briefing.pt 

Segunda-feira, 28 Outubro 2013 09:38


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor