O Google Glass saiu do mercado

A Google anunciou que ia retirar o Google Glass do mercado. O dispositivo vai deixar de estar disponível para consumidores e programadores, para que os investigadores possam fazer alterações ao produto e, assim, torná-lo mais viável.

A versão atual do dispositivo permite a utilização “hands-free”, podendo o utilizador controlar o dispositivo através de comandos de voz para tirar fotografias, gravar vídeos ou realizar pesquisas na internet.

No entanto, apresenta algumas desvantagens, como a bateria de fraca autonomia, o facto de nem sempre responder aos comandos que lhe são dados e a tendência de sobreaquecimento.

Para colmatar estas falhas a Google desenvolveu o programa experimental Google Glass Explorer, a decorrer nos Estados Unidos e Reino Unido, que permitiu a uma seleção de clientes testar os produtos, consoante o pagamento de uma inscrição, no valor de 1500 dólares (1280 euros).

De acordo com a Marketing Magazine, a Google ainda não tem data prevista para o relançamento do Google Glass.

fibra@briefing.pt 

Sexta-feira, 16 Janeiro 2015 12:19


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor