Aqui há uma moeda à base de cafeína

A Starbucks está a criar um programa de fidelidade com o qual os clientes recebem “estrelas” pelas compras em empresas como Spotify, The New York Times ou Lyft, que podem trocar, mais tarde, por café e outros produtos da cadeia.

Este programa, idêntico às milhas das companhias aéreas, funciona em aplicações móveis ou cartões de fidelidade da marca.

Trata-se de uma estratégia da empresa para aumentar em 4% o número de clientes face ao trimestre passado. Atualmente, a Starbucks tem 10,4 milhões de membros do programa de fidelidade ativos, mais 28% que no ano anterior.

 

briefing@briefing.pt

Terça-feira, 28 Julho 2015 12:42


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor