Mais de 50% das empresas de media sofreram ciberataques

Esta é uma das conclusões do estudo global conduzido pela Newscycle Solutions. Segundo os dados, 52% das empresas inquiridas sofreram violação de dados ou ataques de hackers desde o início de 2014 e 12% não têm certezas se os respetivos negócios haviam sido comprometidos.

Os dois tipos de ciberataques mais comuns são o phishing (59%) e o malware (51%). Peter March, vice-presidente de Marketing da Newscycle Solutions, comenta que os publishers devem proteger-se dos ataques cada vez mais graves, sofisticados e em maior frequência.

No total foram considerados testemunhos de 100 gestores tecnológicos, diretores e executivos de jornais e publicações online. Um deles referiu aos investigadores que os sistemas estão preparados para prevenir ciberataques, porém os ataques a utilizadores conseguem ultrapassá-los.

Os entrevistados enumeraram vários ataques incluindo a injeção de SQL, ransomware e hacks a sites mobile e redes sociais, sendo que 65% reforçou a cibersegurança nos últimos seis meses.

fibra@briefing.pt 

Segunda-feira, 26 Outubro 2015 11:39


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor