NOS e Vodafone juntas nos conteúdos desportivos

A NOS e a Vodafone estabeleceram um acordo para a disponibilização recíproca dos conteúdos desportivos nacionais e internacionais, que sejam atualmente detidos ou que venham a ser detidos por qualquer uma das operadoras.

O acordo, anunciado esta quarta-feira, irá “vigorar por várias épocas” e visa assegurar a ambas as empresas a disponibilização dos direitos de transmissão dos jogos em casa dos clubes, bem como dos direitos de transmissão e distribuição de canais de desporto e de canais de clubes, cujos direitos sejam detidos por cada uma das partes do acordo em cada momento.

As operadoras esclarecem, em comunicado, que “o acordo produzirá os seus efeitos já a partir da época desportiva 16/17”, garantindo assim que todos os seus clientes “terão acesso ao canal do Benfica e aos jogos do Benfica em casa, independentemente do canal onde estes jogos sejam transmitidos”.

O acordo prevê o alargamento a outros operadores de mercado, num compromisso “em criar um mercado aberto”.

“Este é um momento muito importante e decisivo para a Vodafone e para o mercado, na medida em que nos permite cumprir a promessa de levar aos nossos clientes os conteúdos que estes valorizam e lançar as bases para o desenvolvimento de um mercado de acesso a conteúdos que gostaríamos que fosse universal”, afirma o CEO da Vodafone Portugal, Mário Vaz.

“Este acordo é um passo determinante na concretização do compromisso que assumimos, desde o primeiro momento, em assegurar condições para que os conteúdos desportivos estejam disponíveis para todos os operadores”, acrescenta o CEO da NOS, Miguel Almeida.

 

briefing@briefing.pt

Quarta-feira, 18 Maio 2016 10:20


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor