Twitter diz adeus ao Vine

O Twitter vai encerrar o serviço de vídeos curtos Vine. Ainda não foi anunciada uma data oficial, porém a rede social garante que o site e os conteúdos permanecerão online, para que os fãs possam vê-los sempre que quiserem.

O Twitter ainda não apresentou uma razão para o encerramento do serviço, porém partilhou um post no Medium: “A todos os criadores de conteúdo – obrigada por terem dado uma oportunidade a esta app. Aos vários membros da equipa que permitiram ao Vine tornar-se naquilo que se tornou ao longo destes anos – obrigada pelo vosso contributo. E claro, obrigada a todos os que vieram à plataforma para assistir e rir todos os dias”.

Rus Yusupov, fundador do Vine, expressou os seus sentimentos no Twitter com a frase “Não vendam a vossa empresa”. O empreendedor vendeu o serviço por 30 milhões de dólares em outubro de 2012, antes do lançamento oficial para o público, em 2013.

fibra@briefing.pt 

Sexta-feira, 28 Outubro 2016 11:52


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor