Vem aí mais conteúdo para as marcas Produto do Ano

As marcas distinguidas com o selo Produto do Ano vão ter acesso a mais conteúdos sobre o consumidor. A promessa foi deixada esta terça-feira à noite, em Lisboa, pelo CEO global, o belga Philippe Gelder, e sustenta-se no facto de todos os anos serem auscultadas mais de 200 mil pessoas no âmbito do processo de seleção dos produtos premiados.

Foi exatamente na entrega dos prémios da edição portuguesa de 2017 que Gelder fez este anúncio, por entender que os dados recolhidos nos 40 países onde o Produto do Ano está presente podem ser úteis para as marcas. “Mais do que vender um logo, queremos fornecer informação, mas também partilhar boas práticas”, disse.

A edição de 2017 assinala o regresso de José Borralho à gestão em Portugal daquele que foi apresentado como o selo de marcas mais antigo do mundo e que, este ano, assinala três décadas.

Dos 49 candidatos, foram selecionados 24 vencedores, com o processo a envolver primeiro uma análise por uma comissão de avaliação e ética, de que a Briefing faz parte, e depois um estudo de mercado junto de seis mil consumidores, a cargo da Netsonda.

Os vencedores desta edição podem ser conhecidos aqui.

fs@briefing.pt

 

Quarta-feira, 08 Fevereiro 2017 13:02


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor