Reconhecimento facial? “Não é para todos”, diz a Huawei

A Huawei aproveitou a falha do sistema de reconhecimento facial do iPhone X, aquando da sua apresentação, para dizer que “o reconhecimento facial não é para todos”. A “brincadeira” surge pouco depois da empresa chinesa ter ultrapassado a Apple como fabricante de smartphones e a um mês do lançamento do Huawei Mate10.

Num vídeo publicado no seu Facebook, a marca sugere que o FaceID da Apple não é confiável. O vídeo mostra um palhaço triste que não consegue desbloquear o seu telemóvel e na legenda lê-se “Vamos encarar, o reconhecimento facial não é para todos”.

Em simultâneo, no Twitter, a marca incentiva os verdadeiros amantes dos smartphones a adquirirem o seu novo Huawei Mate10, que chega já em outubro. “A sentir-se desapontado? Temos uma verdadeira surpresa que vai exceder tudo o que já viu”, diz no copy.

Recentemente, a Huawei ultrapassou a Apple como segunda maior fabricante de smartphones do mundo. À frente está apenas a Samsung.

briefing@briefing.pt

Terça-feira, 19 Setembro 2017 12:11


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor