Google quer ajudar jornalismo a crescer

A Google anuncia que vai investir 300 milhões de dólares (244 milhões de euros), em três anos, na Google News Initiative. O objetivo é incentivar a produção de jornalismo de qualidade na era digital e inclui medidas como o “Subscribe With Google”, que vai permitir que leitores assinem o conteúdo online de publicações com apenas dois cliques, sem a necessidade de preencher formulários ou inserir dados de cartão de crédito.

Outra medida é o Outline, da Jigsaw, “uma ferramenta de código aberto que permite às organizações de notícias fornecerem aos jornalistas um acesso mais seguro à Internet”. “Permite às organizações de notícias instalarem a sua própria VPN num servidor privado – não sendo necessário conhecimento tecnológico”.
A empresa revela ainda que está a trabalhar diretamente com organizações de notícias para combater a desinformação. “Lançámos o projeto Disinfo Lab juntamente com o First Draft para combater a má informação e a desinformação durante momentos chave – eleições e as “notícias de última hora”. Finalmente, para ajudar os consumidores a distinguir os factos da ficção online, estamos a conjugar esforços com o Instituto Poynter, com a Universidade de Stanford e com a Local Media Association para lançar o MediaWise, um projeto dos EUA desenvolvido para melhorar a literacia na informação digital para jovens consumidores”.
“A Google News Initiative é um marco importante no compromisso de 15 anos da Google com a indústria de notícias, e vai reunir tudo o que a empresa faz em colaboração com a indústria – entre produtos, parcerias e programas – de forma a ajudar a construir um futuro mais forte”, diz a empresa, em comunicado.
O projeto assenta em três objetivos primordiais: elevar e fortalecer o jornalismo de qualidade; desenvolver modelos empresariais para impulsionar o crescimento sustentável; e fortalecer as organizações de notícias através da inovação tecnológica.

Quarta-feira, 21 Março 2018 11:31


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor