No outdoor de Lisboa, há mais uma providência cautelar

A MOP – Multimédia Outdoors de Portugal anuncia mais uma diligência de contestação ao concurso para exploração da publicidade exterior em Lisboa: a empresa apresentou junto do tribunal administrativo uma providência cautelar para impedir a adjudicação, pela autarquia, de uma proposta que considera “ilegal e a menos vantajosa para o município”.

 

Em comunicado, a MOP salienta que “apresentou a proposta mais alta, mas foi excluída, num processo arbitrário, ao arrepio de todas as regras da lei”.

“A MOP respondeu a todos os requisitos do concurso e aguardou pacientemente ao longo de 15 meses que a transparência vingasse e que os critérios definidos no concurso fossem aplicados”, pode ler-se. ~

A empresa junta-se, assim, à dreamMedia, que também interpôs uma ação judicial para travar o processo de adjudicação à JCDecaux.

briefing@briefing.pt

 

Sexta-feira, 21 Setembro 2018 10:03


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor