Mastercard aumenta o volume com novo ritmo

A empresa do setor de pagamentos Mastercard lança a sua identidade sonora, com uma melodia que pretende proporcionar aos consumidores uma “familiaridade simples e direta” – seja em ambientes físicos, digitais ou de voz. A marca colaborou com músicos – como o Mike Shinoda dos Linkin Park –, artistas e agências de todo o mundo.

A Mastercard explica que a melodia é “adaptável a géneros e culturas para ser localmente relevante”. Além disso, o uso de instrumentos e ritmos variados vai permitir que o som da empresa assuma vários estilos, como o lírico, o cinematográfico e o lúdico, bem como várias interpretações regionais.

“A melodia vem acrescentar uma nova dimensão à nossa identidade de marca e é, por isso, uma componente importante de como a Mastercard passa a ser reconhecida”, afirma o diretor de marketing e comunicação da Mastercard, Raja Rajamannar. “Estabelecemos a meta ambiciosa de criar uma melodia para a Mastercard que fosse distinta, memorável e autêntica, mas adaptável globalmente e em todos os géneros. É importante que a nossa marca sonora não reforce apenas nossa presença, mas ressoe também impecavelmente, em todo o mundo”, diz.

A notícia surge após a recente transição da empresa para uma marca símbolo e está integrada na evolução contínua da insígnia.

Mike Shinoda explica que “o que mais agrada no som da Mastercard é a sua flexibilidade e adaptabilidade a géneros e culturas”. O músico acrescenta ainda que “é excelente ver uma grande marca a expressar-se através da música para fortalecer sua ligação com as pessoas”.

briefing@briefing.pt

Segunda-feira, 11 Fevereiro 2019 11:58


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor