A Quinta do Crasto tem enoturismo (e não só…)

Num ano em que fazer férias “cá dentro” pode ser a solução, a Quinta do Crasto tem ao seu dispor três programas de Enoturismo, ideais para quem vai aproveitar as férias de 2021 para conhecer o Douro pela primeira vez.

Os programas começam com uma visita guiada a pé que permite perceber diferentes fases do ciclo da vinha e do vinho, conhecendo posteriormente os locais que permitem que a uva se transforme em vinho. O plano tem também ao dispor refeições tradicionais com vista sobre o rio e provas comentadas com referências do produtor. 

Para quem não quer visitar a quinta só de passagem, há também sugestões, como um almoço harmonizado com pratos típicos da região e vista sobre o rio. Para valorizar ainda mais este espaço, passeios de barco, de comboio e na carrinha Bedford também estão nos planos para estas férias.

“O nosso objetivo é que a Quinta do Crasto seja um cartão de visita que apresenta aos visitantes todas as potencialidades de uma região tão rica quanto o Douro, seja através da paisagem, da gastronomia e, claro, dos vinhos. No ano passado, a região do Douro foi um forte polo de atração turística sobretudo nacional e acreditamos que neste verão isso vai repetir-se e até intensificar-se, já que contaremos com o regresso de algum turismo internacional”, afirma o administrador da Quinta do Crasto, Tomás Roquette.

briefing@briefing.pt 

 

Sexta-feira, 18 Junho 2021 09:18


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor