A Nova SBE tem uma ideia de futuro. O Luís Veiga Martins explica

A Nova School of Business & Economics (Nova SBE) acredita estar a formar os futuros líderes do desenvolvimento sustentável ou, pelo menos, “a desenvolver competências de sustentabilidade em todos aqueles que participam nos nossos programas e que estão já inseridos no mercado de trabalho”, defende o associate dean for Community Engagement & Sustainable Impact, Luís Veiga Martins.

O contrato cívico que orienta a Nova SBE na relação com a comunidade foi naturalmente assumido assim que a instituição abriu as suas portas. Desde 1979, sucedem-se os programas de responsabilidade social através de parcerias com diferentes organizações, da participação dos alunos, colaboradores e professores. “Desta forma, potenciamos os nossos valores nomeadamente ao nível do impacto que pretendemos gerar na sociedade e na promoção da conetividade, estabelecendo laços com a sociedade e vários stakeholders, a fim de gerar um envolvimento cada vez maior com a comunidade global”, assinala o associate dean for Community Engagement & Sustainable Impact, Luís Veiga Martins, considerando que este compromisso de cidadania concretiza a visão da instituição: “Uma escola para um futuro melhor e mais sustentável onde todos têm um papel a desempenhar”.

No capítulo da educação, a âncora social da sustentabilidade tem vários pontos de fixação com a assinatura Nova SBE, desde logo uma pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável. Criada este ano, a Careers With Impact, que é uma cadeira obrigatória nas licenciaturas, está dividida em diferentes módulos e, num deles, os alunos têm de participar em atividades designadamente no âmbito da responsabilidade social. Assim se promove o potencial de cada aluno inspirando-o nas decisões de carreira que venha a tomar, ao mesmo tempo que a área profissional de interesse pode contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas – Agenda 2030. Além disso, é atribuído anualmente um diploma – Menção de Cidadania Ativa – distinguindo os alunos que durante o ano dedicarem um número determinado de horas ao voluntariado, participando em várias ações geradoras de impacto na sociedade.

Os projetos e as iniciativas que mobilizam a Nova SBE estão disponíveis na plataforma Role To Play – Get Involved, dedicada à promoção do envolvimento dos alunos com oportunidades de voluntariado, palestras e case challenges relacionados com a sustentabilidade. Atualmente, estão inscritos mais de 900 estudantes e o número de iniciativas supera a meia centena.

Entretanto, este ano tem sido pontuado pela Nova SBE Sustainability Journey, que aconteceu em junho, no campus de Carcavelos, “um megaevento de sustentabilidade tendo por suporte uma coleção de programas educativos, eventos, conferências e debates dedicados aos negócios sustentáveis, e que reuniu mais de300 participantes, 30 empresas e 60 oradores, em cerca de 40 sessões”.

Na sua dinâmica de compromisso com um futuro sempre presente, de que forma a Nova SBE prepara os novos líderes para assumirem esta responsabilidade de cidadania? Segundo o associate dean for Community Engagement & Sustainable Impact, a resposta está no “desenvolvimento de um conjunto de programas, iniciativas, projetos e parcerias que permitam aos alunos ser confrontados com os desafios que irão encontrar quando iniciarem a sua vida profissional”.

A finalizar, Luís Veiga Martins frisa que a Nova SBE acredita estar a formar os futuros líderes do desenvolvimento sustentável ou, pelo menos, “a desenvolver competências de sustentabilidade” em todos aqueles que participam nos seus programas e que estão já inseridos no mercado de trabalho.

briefing@briefing.pt

Segunda-feira, 26 Dezembro 2022 12:40


PUB

PUB

2050.Briefing

À Escolha do Consumidor