Guimarães volta a candidatar-se a Capital Verde Europeia

Guimarães apresenta a candidatura para Capital Verde Europeia 2026. Esta é a segunda vez que a cidade se candidata.

Guimarães volta a candidatar-se a Capital Verde Europeia

Depois de, no ano passado, Guimarães ter visto o título de Capital Verde Europeia 2025 ser atribuído à cidade de Vilnius, na Lituânia, volta a tentar a sua sorte para a edição do ano seguinte. Esta iniciativa insere-se no âmbito do Guimarães 2030, que, em conjunto com o Laboratório da Paisagem, envolve universidades, empresas, associações sem fins lucrativos, o Governo, decisores políticos e cidadãos. O objetivo deste modelo é tornar o território climaticamente neutro até 2030, com foco na investigação, educação e sensibilização ambiental.

“Além do sucesso dos diversos projetos que temos em curso para a transformação sustentável do território e para atingir a neutralidade climática, destaque-se ainda o processo de sensibilização, com o objetivo de unir toda a população e colocar os cidadãos no centro deste caminho de futuro ambientalmente sustentável”, afirma o presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança. “Agora, mais do que nunca, estamos juntos, rumo a Guimarães Capital Verde Europeia em 2026”, acrescenta.

A shortlist com as cidades finalistas para o ciclo de 2026 será conhecida no próximo mês de junho e o vencedor anunciado em outubro deste ano.

Quarta-feira, 08 Maio 2024 08:59


PUB