O caminho rumo à neutralidade carbónica

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas apresenta o seu trabalho rumo à descarbonização.

O caminho rumo à neutralidade carbónica

No âmbito do programa de sustentabilidade “Brew a Better World – Produzir um Mundo Melhor”, a Central de Cervejas tem vindo a implementar uma estratégia com metas concretas e ações estratégicas que atuam em três pilares fundamentais: ambiental, social e responsável, e que reforça o compromisso da empresa rumo a um mundo com emissões zero, mais saudável, inclusivo e equitativo. 

No pilar ambiental, que é onde se insere a jornada de descarbonização, para além do foco na promoção da circularidade e na proteção dos recursos hídricos, um dos nossos objetivos mais ambiciosos é a descarbonização e neutralidade carbónica das atividades da empresa. Definimos duas metas, a redução da pegada de carbono, rumo à neutralidade carbónica na produção até 2030 e ao longo de toda a cadeia de valor até 2040. O nosso caminho para a descarbonização começa com uma mudança de paradigma na utilização dos recursos, aplicando medidas de eficiência energética em equipamentos e processos (reduzir) e com a transição para energias renováveis (substituir).  

É por isso necessário investimento estrutural que nos permita fazer alterações de fundo com impacto positivo, e por isso, a eficiência energética nas instalações e a jornada de transição energética para energias renováveis tem sido uma das prioridades da empresa.  

A título de exemplo instalámos na cervejeira em Vialonga e na unidade de engarrafamento da Água de Luso 2 centrais de painéis solares fotovoltaicos para autoconsumo. São 8412 painéis que permitem uma produção de energia solar de 3.189 MWh/ano na Cervejeira de Vialonga e de 1.378 MWh/ano na unidade de enchimento e engarrafamento da Água de Luso. Com esta instalação temos prevista uma redução de consumo de 11% na Cervejeira de Vialonga e de 20% na unidade de engarrafamento da Água de Luso. É energia elétrica de fontes renováveis que contribui para alimentar as áreas de produção, armazém e escritórios!

Este posicionamento estende-se também a eventos como o NOS Alive, iniciativa iniciada em 2022 e que, em 2023, resultou na instalação de 119 painéis solares instalados nos bares Heineken e no Heineken Stand, através de uma parceria com a EDP Comercial. Com esta instalação foi possível servir um total de 43% das cervejas à pressão durante o festival, a partir da energia solar e, especificamente, no bar central servir a totalidade das cervejas durante os três dias de festival.

Outro desafio crucial na jornada rumo à neutralidade carbónica é a promoção de uma economia mais circular, nomeadamente ao nível das embalagens, numa procura constante por materiais que reduzam o impacto ambiental e que possuam uma maior taxa de reciclabilidade. Este caminho passa ainda pela adoção de princípios de eco design e de medidas de redução do excesso de embalagem, com a consequente redução de resíduos, e pela disponibilização de embalagens de vidro retornáveis, que depois de regressarem à fábrica e serem devidamente higienizadas, têm nova vida e são novamente cheias voltando a ser utilizadas pelos os clientes e consumidores.

Também a transição para processos de logística que reduzam os níveis de emissões de carbono, como a otimização de cargas e de rotas e a substituição de frota por veículos elétricos, faz parte do caminho para atingir a neutralidade carbónica. 

De mencionar que a HEINEKEN viu aprovados os seus objetivos de descarbonização pela Science Based Targets (SBTi) sendo a primeira empresa cervejeira a nível global a alcançar esta meta na validação dos objetivos de sustentabilidade. Do mesmo modo, pelo 2º ano consecutivo a HEINEKEN viu reconhecido o seu esforço em descarbonizar as suas operações, mantendo o seu lugar na lista A do Carbon Disclosure project (CDP), referência internacional ao nível de reporte ambiental.

Ao concretizar esta agenda a empresa está a contribuir para o compromisso mundial do Acordo de Paris (não ultrapassar o aumento de temperatura em 1,5 grau), e a agarrar a oportunidade para tornar o negócio mais resiliente e sustentado e alinhado com práticas ambientais, sociais e de governance sustentáveis e responsáveis numa jornada desafiante, que requer ação concertada, mas na qual estamos empenhados ao máximo!

Quarta-feira, 22 Maio 2024 08:50


PUB