ONU alerta: governos têm de priorizar as pessoas

 “Os governos têm a responsabilidade de pôr as pessoas em primeiro lugar”. A mensagem foi deixada pela presidente do Conselho Económico e Social das Nações Unidas, Lachezara Stoeva, que considerou esta atitude imperativa para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) até 2030.

“Colocar as pessoas em primeiro lugar significa que é necessário criar-se oportunidades para os mais jovens poderem adquirir conhecimento e competências relevantes para o mercado de trabalho”, alertou Lachezara Stoeva, falando na última sessão da Comissão para o Desenvolvimento Social da ONU.

Sustentou ainda que investir nas capacidades humanas é essencial para responder às necessidades futuras e emergentes do mercado de trabalho, já afetado por fatores como a transformação digital, as tendências demográficas e as alterações climáticas.

Na sua ótica, a agenda de Desenvolvimento Sustentável 2050 é alcançável, mas depende do sucesso no fornecimento das ferramentas necessárias para a construção de sociedades e economias resilientes. Além disso, defendeu que, para a transição de uma economia sustentável, os governos devem apoiar as regiões, indústrias e colaboradores que enfrentam os maiores desafios.

Sexta-feira, 10 Fevereiro 2023 09:53


PUB