Reciclagem em Portugal regista um aumento

No primeiro trimestre de 2024 foram encaminhadas para reciclagem um total de 111.696 toneladas de embalagens, o que equivale a um aumento de 3 % em relação ao período homólogo. Segundo a CEO da Sociedade Ponto Verde (SPV), Ana Trigo Morais, “o sistema tem vindo a evoluir e os cidadãos têm sido bastante participativos, mas é preciso acelerar quando o País tem novas metas para cumprir”.

Reciclagem em Portugal regista um aumento

De acordo com a SPV, desde 1996, o ano da sua fundação que marcou o arranque do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens, mais de 10 milhões de toneladas de embalagens foram colocadas nos ecopontos nacionais. Apesar destes valores, a organização considera que o País tem de alcançar os novos objetivos impostos pela União Europeia, que consistem em reciclar, pelo menos, 65% de todas as embalagens colocadas no mercado até ao final de 2025, sendo que, em 2023, a taxa de retoma foi de 55,3%. De forma a ser possível cumprir a meta estabelecida, é calculado qu os cidadãos deveriam depositar oito garrafas de vidro, por ano, no ecoponto verde.

“Motivar para gerar ainda mais ação é fundamental”, afirma a responsável. “São os cidadãos que depositam as suas embalagens nos ecopontos e, por isso, a par de terem ao dispor um serviço de qualidade e conveniente, há que investir em campanhas de proximidade e diferenciadoras, ensinando o impacto positivo que este gesto tem no planeta”, conclui.

Quarta-feira, 22 Maio 2024 08:51


PUB