Branded Content

Inovação? É o trabalho diário da Global Brand Solutions

“A procura de produtos inovadores no mercado é o nosso trabalho diário”. É assim que a GBSO – Global Brands Solutions se posiciona no mercado, nas palavras dos seus administradores, Rita Palma e Jorge Gama. Um desses produtos é o Soft & Co, que acaba de ser distinguido como Produto do Ano 2019, um selo que reconhece, precisamente, a inovação.

segunda, 11 março 2019 10:03
Inovação? É o trabalho diário da Global Brand Solutions

De fabrico 100% nacional, este produto – colocado no mercado em tamanho familiar de um litro – caracteriza-se por ser hipoalergénico, vegan e adaptado a peles sensíveis: trata-se de uma fórmula equilibrada, hidratante e emoliente, com uma textura adaptada para uma boa penetração e cobertura, deixando um toque ultra sedoso.

Tem ainda a vantagem de uma excelente relação qualidade-preço, o que o torna acessível a todos no canal da grande distribuição. A propósito, Rita Palma e Jorge Gama sublinham que é “um dos casos raros em termos de produtos de higiene fabricados em Portugal com uma distribuição tão extensiva”.

 

Esta é a primeira marca da GBSO enquanto fabricante, sendo que, além do creme agora distinguido, a gama se completa com sabonete líquido de glicerina, um gel de aloé vera hidratante e regenerador, um óleo de pés e um gel antifricção: “É nesta marca que estamos a concentrar todos os nossos investimentos em inovação.

O Soft & Co vem juntar-se a um vasto portefólio de produtos para corpo e cabelo, higiene masculina, acessórios de beleza e primeiros socorros, introduzidos no mercado nacional pela GBSO”. A empresa especializou-se na grande distribuição e é um veículo por excelência para lançar em Portugal produtos inovadores de marcas internacionais. “Fomos os primeiros a lançar na grande distribuição as máscaras de tecido, produtos específicos para a barba, o conceito de beleza eletrónica, depilação hipoalergénica e, ultimamente, higiene pessoal orgânica certificada, bem como acessórios de higiene e de beleza biodegradáveis”, concretizam.

Rita Palma e Jorge Gama acreditam que, quando é focada numa clara necessidade não satisfeita pelos produtos disponíveis, a inovação é “claramente valorizada e aceite”. Os portugueses – afirmam – são muito experimentalistas e curiosos neste mercado: “A dificuldade é disponibilizar a facilidade de compra via distribuição para o consumidor ter acesso facilmente. A inovação e os seus benefícios também têm de ser explicados. É um desafio usar as ferramentas e espaços disponíveis na grande distribuição para dar a conhecer as caraterísticas e benefícios dos produtos em loja. Por outro lado, o posicionamento preço deve estar de acordo com o canal e não constituir uma barreira à experimentação, sem desvalorizar a perceção da qualidade do produto”, concluem.

 

Inovação? É o trabalho diário da Global Brand Solutions

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing