Dia Internacional da Baga

No próximo dia 4 de maio, o mundo do vinho volta a celebrar o Dia Internacional da Baga, um momento para enaltecer a casta-rainha da região da Bairrada. Os sete produtores que integram os Baga Friends – Luís Pato, Filipa Pato, Quinta das Bágeiras, Quinta da Vacariça, Quinta de Baixo – Niepoort, Sidónio de Sousa e Vadio abrem as portas das suas adegas e mostram a tradição e a qualidade dos vinhos da Bairrada. Esta é também uma oportunidade única para os entusiastas de vinho conhecerem de perto o legado e a excelência desta casta icónica.
A cada primeiro fim-de-semana de maio, os sete produtores recebem todos os que quiserem conhecer os segredos que estão por detrás destes vinhos. Quem adquirir bilhete terá a oportunidade de circular livremente pelas adegas, entre as 10h e as 18h, sem necessidade de marcação, e assim desfrutar de degustações de vinhos, harmonizações com petiscos tradicionais da região e de falar com os produtores. A atmosfera única do evento também se deve à heterogeneidade dos produtores, cada um tendo propostas diferenciadas e à medida das suas adegas e projectos.
Este ano, serão apresentados vinhos novos e colheitas novas das marcas mais conhecidas, mas também vinhos mais antigos, alguns esgotados ou já sem distribuição. Para a Filipa Pato, a edição de 2024 será o momento para abrir aos visitantes, as portas da sua recém-inaugurada adega. A Quinta das Bágeiras, que está a celebrar 35 anos, aproveita para assinalar a data com pompa e circunstância. E Luís Pato terá uma organização de festas local para vender bifanas no local.
Neste mesmo dia à noite, o grupo de produtores amigos da Baga estarão presentes num jantar de harmonização da Baga com um menu do Rei dos Leitões, parceiro do evento que pensou os pratos a combinar com cada vinho. Será um momento de convívio e partilha em torno da Baga e das tradições culinárias da região.
A casta Baga, que em tempos era exemplo de vinhos mais difíceis e pouco apelativos de beber enquanto jovens, tornou-se uma casta procurada por todos, amada e valorizada. Isto é fruto de um trabalho conjunto dos produtores da região, e claro, dos Baga Friends, que conseguiram criar interesse internacional e nacional à volta desta casta, demonstrando que dela podiam resultar alguns dos melhores vinhos de Portugal. Juntos, os Baga Friends têm mais de 70ha de Baga plantados, o que representa quase metade das suas áreas totais de vinha – uma aposta forte e vencedora.
“Este grupo já fez imenso pela Baga. A casta está definitivamente na moda e aqueles que há anos criticavam a Baga, hoje acham que ela é o máximo. Isso traduz o trabalho dos Baga Friends”, revela Luís Pato.
De facto, hoje, a Baga é uma casta cada vez mais reconhecida internacionalmente com o potencial de produzir grandes vinhos de Portugal, vinhos de guarda, mas também vinhos de consumo mais imediato, o que não acontecia há alguns anos. A versatilidade da Baga tornou-se possível também graças ao trabalho afincado e sério que muitos produtores da região, e nomeadamente os Baga Friends, souberam levar a cabo, estudando os seus solos, parcela a parcela, vinificando cada uma de melhor forma para obter os melhores vinhos possíveis.
“Aqui cada um trabalha a Baga à sua maneira, com a sua identidade e com a sua abordagem própria. O segredo do nosso sucesso é esse mesmo: revelar que é através da soma do todo que conseguimos revelar a excelência desta casta a nível mundial”, frisa Paulo Sousa.

Quinta-feira, 04 Abril 2024 11:31


PUB