Adsmovil recebe o prémio FIAP Greenovation pela sua iniciativa de compensação de carbono na publicidade digital

A sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente é um assunto que tem vindo a suscitar uma crescente preocupação global. Este pensamento levou Alberto Pardo, CEO e Fundador da Adsmovil, a procurar uma forma da empresa se tornar Neutra em Carbono até 2021. Para tal, foi realizada uma parceria com a fundação Saving the Amazon, com a Adsmovil a comprometer-se a plantar 10.000 árvores na Amazónia Colombiana, com um potencial de captura de 3.058 toneladas de CO2 em 10 anos.

Esta ação com vista à compensação de carbono na publicidade digital fez valer o seu reconhecimento na mais recente edição do Festival Iberoamericano da Criatividade (FIAP), um festival que há mais de 50 anos reconhece a criatividade em todos os formatos publicitários, na categoria de Greenovation, um prémio que reconhece as empresas da área que investem na inovação pela sustentabilidade.

No entanto, esta iniciativa, que se insere na abordagem global da Adsmovil à responsabilidade ambiental e à contribuição para o combate às alterações climáticas, não se ficou por aqui. A preocupação em gerar estratégias mais sustentáveis deve envolver todos os sectores e a publicidade digital não pode ser alheia a esta mudança. É necessário tomar consciência do que está a acontecer, assumir um compromisso e adotar uma postura sustentável semelhante às medidas que estão a ser tomadas por outras indústrias.

Com esta missão em mente, a Adsmovil propôs-se a medir e compensar a pegada de carbono das campanhas digitais dos seus clientes através de dois acordos-chave. O primeiro com a Scope3, a principal fonte de dados da indústria publicitária sobre as emissões da cadeia de fornecimento, para medir, compreender e quantificar o impacto gerado pela energia consumida pelos servidores que exibem e entregam os anúncios dos anunciantes, e depois compensar estas emissões através da plantação de 100.000 árvores nos próximos três anos, como parte do seu acordo com a Fundação Saving the Amazon.

“Acreditamos que cada ação conta e que temos de assegurar a criação de um futuro sustentável para as gerações vindouras. Não queremos entregar aos nossos filhos um planeta pior do que aquele que conhecemos e, se não agirmos todos, se todos os atores do ecossistema do planeta não assumirem a sua responsabilidade, não conseguiremos mudar de rumo e evitar uma catástrofe. Depende de todos nós, todos temos de nos comprometer e fazer a nossa parte”, afirma Alberto Pardo, CEO e fundador da Adsmovil.

Segunda-feira, 06 Novembro 2023 11:48


PUB