Grupo Ageas Portugal avança com 2.ª edição do projeto “Histórias Seguras”

Após o sucesso da primeira edição, o projeto *Histórias Seguras* volta a unir o Grupo Ageas Portugal, a CNN Portugal e a Havas Play para contar histórias reais, emocionais e inspiradoras, sobre o importante papel dos seguros na vida das Pessoas. O objetivo é desmistificar o trabalho das seguradoras e destacar a importância destes serviços em momentos de angústia, dúvida ou incerteza.
“Para o Grupo Ageas Portugal, *Histórias Seguras* é uma oportunidade excelente de mostrar que estamos aqui para apoiar as Pessoas mesmo nos momentos mais difíceis, explicando como um seguro pode fazer toda a diferença na vida das mesmas. Além disso, estamos comprometidos em apoiar o talento nacional, dando oportunidade a jovens criativos/as de se destacarem na área do Audiovisual, com a produção em vídeo destas histórias”, afirma Rui Rijo, Responsável de Relações Públicas e Comunicação Digital do Grupo Ageas Portugal. “Estamos entusiasmados para ver quais as histórias emocionantes que serão contadas nesta segunda edição”, acrescenta.
O Grupo económico pretende, assim, transmitir a importância dos seguros em momentos de dificuldade através de quatro histórias reais de Clientes das marcas Seguro Directo, Ocidental, Médis e Clínica Médis e ainda Ageas Seguros que, tal como na primeira edição, serão divulgadas através de pequenos filmes, produzidos por jovens talentos da área audiovisual. Em parceria com a Media Capital, líder em produção audiovisual, os jovens terão todo o suporte necessário para desenvolver cada episódio.
Diogo Morgado, ator, encenador e realizador, será o mentor dos candidatos selecionados, apoiando e orientando no desenvolvimento do projeto, com a dedicação que já lhe é reconhecida e que brindou a 1.ª edição. O ator confessa que “num país onde se premeia tão pouco, iniciativas como esta do Grupo Ageas Portugal são um contributo valioso para os jovens criativos à procura de uma oportunidade de afirmação”.
As inscrições para dar vida a esta iniciativa já estão abertas e os concorrentes devem selecionar uma das histórias verídicas disponíveis, entregando um projeto de execução geral e específico da respetiva área técnica. Os jovens escolhidos estarão também a concorrer ao Prémio Audiovisual Ageas, existindo um vencedor para cada categoria: Realização, Guionismo, Fotografia e Edição.
A primeira edição do Histórias Seguras impactou mais de 2,2 milhões de pessoas e resultou em um evento que reuniu mais de 100 convidados para conhecer o resultado da iniciativa.

Quinta-feira, 08 Fevereiro 2024 10:31


PUB