Quase 6 em cada 10 portugueses admite a possibilidade de interagir com anúncios no Dia dos Namorados

Com o Dia dos Namorados a aproximar-se, um novo estudo realizado pela Adsmovil, em colaboração com a Digital Turbine, revela que mais de um terço dos consumidores (63%) planeia comprar presentes para a sua cara-metade e 57% admite a probabilidade de clicar em anúncios sobre ofertas destinadas a esta efeméride durante o processo de escolha das suas compras.
De forma a percecionar as preferências e os comportamentos expectáveis dos portugueses nesta ocasião especial, o estudo procurou indagar quais os produtos mais prováveis de serem adquiridos como ofertas neste dia. Segundo os resultados, 65% dos consumidores pondera oferecer roupa, prontamente seguido dos típicos chocolates (57%) e os produtos de beleza e cosmética fecham o top 3 com 44%.
Quando questionados sobre as principais influências na decisão de compra deste ano face ao ano anterior, 69% dos inquiridos mencionaram o peso do preço dos produtos como variável a ter em conta, seguido dos catálogos com melhores produtos e uma maior variedade por parte das marcas (47%), com a sensação de segurança a ser também considerado um fator preponderante nas escolhas dos consumidores. A conveniência (35%) e uma boa experiência de compra garantida pelas marcas (26%) foram também outras variáveis mencionadas como relevantes.
Num cenário onde as experiências de compra online se tornam cada vez mais integradas na vida quotidiana, compreender os comportamentos do consumidor e as estratégias que o impactam na sua jornada é fundamental.
Destacando o papel dos telemóveis durante a jornada dos consumidores, não apenas se revelou que a grande maioria (63%) utiliza o smartphone para realizar as suas pesquisas de compras, como 62% dos inquiridos considera relevante ter este dispositivo consigo quando realiza compras para o Dia dos Namorados. Estes dados permitem ilustrar a tendência do phygital cada vez mais presente e o desejo dos consumidores por uma experiência de compra fluída e facilitada.
Quando questionados sobre as ações que tomam após visualizarem um anúncio do Dia dos Namorados no telemóvel, 29% admitiram comparar preços do mesmo produto em mais do que uma loja online, 25% pesquisam pelo site da marca em questão e outros 19% pelo produto anunciado, com 15% a assumir ler comentários de pares sobre o produto ou a empresa e 12% confirma ter tendência a comprar o produto numa data posterior.
No que se refere às preferências de compras para esta ocasião, o estudo revela que 45% dos inquiridos optam por encomendar online para entrega ao domicílio, enquanto 35% preferem comprar na loja física e outros 20% a demonstrar preferir encomendar online e levantar a encomenda em loja. Adicionalmente, a pesquisa revela que 47% preferem fazer compras através de uma aplicação própria da marca e 33% prefere fazer uma pesquisa mista na app e no browser.
Quando questionados sobre o que esperam dos anúncios online nos seus dispositivos móveis durante o Dia dos Namorados, 59% dos participantes indicaram a importância de serem informados sobre os produtos disponíveis, 52% anseiam ofertas relevantes para a festividade e 50% espera que os anúncios incluam descontos ou cupões relevantes.
A pesquisa destaca ainda um fator significativo, com 56% das pessoas a mencionar que é mais provável que este ano tenham em conta as reviews online ao escolher presentes para o Dia dos Namorados.
Estes resultados refletem não apenas a crescente importância da experiência do consumidor e a facilidade do processo de compra na decisão dos portugueses, mas também traduz a crescente importância da reputação do produto e da marca, com os consumidores a recorrerem constantemente a uma validação horizontal entre pares para aprovação das suas decisões.

Quinta-feira, 01 Fevereiro 2024 11:34


PUB