Comunicação

Aquabranding a caminho do Brasil

Aquabranding a caminho do Brasil

A Aquabranding, empresa que lançou em Portugal as garrafas de água personalizadas, espera entrar este ano no Brasil, disse ao Briefing o diretor executivo da empresa, Helder Francisco Marques.

quinta-feira, 15 março 2012 18:12

"Neste momento estamos em fase de escolher um parceiro no Brasil para nos representar, esperamos durante este ano termos essa implementação no terreno concretizada", afirmou o responsável da Aquabranding, empresa fundada em 2004 e que aposta nas garrafas de água, copos de bebidas quentes (café) e copos de água como forma de comunicação direta entre as empresas e os consumidores. Para complementar esta área de negócio abriu competências na área do design de comunicação.

Briefing | Como nasceu a ideia Aquabranding?

Helder Francisco Marques | A Aquabranding conta já com 8 anos de sucesso e a ideia de fazer água personalizada nasce do desenvolvimento de um projeto de comunicação onde o cliente nos colocou o desafio de desenvolvermos novas formas de comunicar para captar atenção do público alvo. Entre as várias soluções pensámos nas garrafas de água que estavam ali mesmo à nossa frente na mesa. Após analisarmos o poder de comunicação que as garrafas têm na mão do consumidor, desenvolvemos o projeto e a parceria com uma marca de água - a São Silvestre - que nos facilitou todo o processo, tornando-se num parceiro de excelência.

Briefing | Que dificuldades é que teve para implantar a ideia da água personalizada?

HFM | Quando falamos de dificuldades no nosso caso trata-se de como conseguir o parceiro certo para concretizar a ideia, e connosco, o nosso parceiro ao perceber a ideia abriu-nos logo as portas para a desenvolver, bem como outros parceiros na área do vending que se mostraram também de imediato interessados em aderir ao nosso projeto. Quando temos uma ideia bem estruturada e com objetivos definidos torna-se mais fácil conseguir os nossos objetivos.

Briefing | Como é que o mercado tem "reagido" à vossa ideia?

HFM | A água personalizada tem surpreendido os vários sectores de atividade que têm solicitado várias propostas e demonstrado interesse em saber como podemos fazer chegar a comunicação ao consumidor de uma forma direta. Ao analisarmos este interesse verificámos que era possível utilizar como veículo de distribuição direta ao consumidor, as máquinas de vending. As garrafas de água e os copos de café são dois suportes de publicidade práticos e de proximidade que utilizam os distribuidores automáticos de bebidas quentes e frias para distribuir as mensagens publicitárias. Daí surgiram as redes Publiaqua e Publicoffee, os primeiros suportes de publicidade a entrarem no espaço das empresas como meio privilegiado e não concorrencial de contacto num momento descontraído, como beber um café ou outra bebida quente, e beber água. Estas duas redes de distribuição estarão também nos mais variados locais, como no metro, hospitais, universidades e empresas. A adaptabilidade a todas as marcas foi um dos aspectos que nos levou a apostar nesta solução, tornando-se uma ferramenta poderosa que alia o poder da publicidade à precisão do marketing directo.

Briefing | A água é o único "sector" onde a empresa actua?

HFM | A Aquabranding trabalha com garrafas de água, copos de bebidas quentes (café) e copos de água. Para complementar esta área de negócio abriu competências na área do design de comunicação.

Briefing | Existem planos para internacionalizar a empresa?

HFM | Neste momento estamos em fase de escolher um parceiro no Brasil para nos representar, esperamos durante este ano termos essa implementação no terreno concretizada.

Fonte: Briefing

sexta-feira, 16 março 2012 12:50

bt nl

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing