Comunicação

O poder dos outros no palco da Happy Conference

Sabia que as organizações que atingem o sucesso são aquelas que sabem comunicar, envolver e gerar confiança nas pessoas? A pergunta está subjacente à edição de 2016 da Happy Conference, evento organizado pela WinWorld e que acontece esta terça-feira, 10 de maio, no auditório da reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

segunda-feira, 09 maio 2016 10:55
O poder dos outros no palco da Happy Conference

Nesta sétima edição, propõe-se desafiar os líderes a explorar conhecimentos e ferramentas que permitam usar uma comunicação positiva, construir relações de confiança e respeito, impulsionar vendas de forma mais eficaz, fazer com que a sua mensagem se destaque, crescer nos negócios e na vida. Essa será a tarefa de Nicholas Boothman, especialista em comunicação interpessoal, autor, entre outras obras, de "How to Connect in Business in 90 seconds".

Respondendo à questão que convoca à participação na conferência, Nicholas Boothman sustenta, em declarações ao Briefing, que comunicar, sair da zona de conforto e inspirar outras pessoas são as únicas formas de os indivíduos e de as empresas crescerem e inovarem. "Não importa se se está a vender um imóvel, a recomendar Bacalhau à Brás em vez de alheiras de Mirandela ou a tentar conquistar um cliente importante – todos têm de sentir que podem confiar em si, na sua lógica e sentir um puxão forte nas cordas do coração".

Confiança, lógica e emoção são os vértices desta abordagem: "Sem confiança, não pode haver ligação porque todas as relações assentam na confiança. Sem lógica, não pode haver envolvimento, porque as palavras e as ideias não farão sentido. E sem emoção não pode haver paixão nem envolvimento porque 80 por cento do tempo as pessoas tomam decisões com base nas emoções, mesmo quando pensam que estão a ser racionais".

Diz Boothman que há duas formas de isto acontecer: ou através da motivação ou através da inspiração. Mas a motivação é desaconselhada – porque é temporária, externa e implica uma recompensa, é, como a felicidade, "um estado de alma fugaz". Já a inspiração é mais eficaz – porque é permanente e interna.

Esta é uma "receita" que se aplica tanto aos indivíduos como às empresas. Nos negócios, do que se trata é de entregar boas ideias ao mercado, sendo cada membro da audiência parte de um mesmo sistema: "Quer seja um designer, um marketeer, um vendedor, um professor ou um líder, quanto melhor for a embrulhar as suas ideias e a colocá-las no corações e nas mentes dos outros mais sucesso terá". É que comunicar com os outros proporciona – sublinha – "recompensas infinitas": "As outras pessoas são o nosso maior recurso. Elas dão-nos a vida, alimentam-nos, vestem-nos, dão-nos dinheiro, fazem-nos rir e chorar, confortam-nos, curam-nos, investem o nosso dinheiro, arranjam os nossos carros e enterram-nos. Não podemos viver sem elas. Não podemos sequer morrer sem elas". Por isso, entende Boothman que a ligação aos outros, sejam eles clientes, colegas, empregados ou patrões, é a primeira capacidade de que qualquer profissional necessita.

Necessária é também a capacidade de sair da zona de conforto, de correr riscos. "Muitas pessoas não estão limitadas pelo que podem fazer, mas pelo que estão dispostas a fazer. Os riscos conduzem à mudança. Nas mãos certas, são ferramentas de crescimento e de inovação. Nas mãos erradas, podem ser as sementes da ruína. Felizmente, adotar o tipo certo de risco é uma capacidade que qualquer pessoa pode aprender". Para o orador da Happy Conference 2016, como meio para atingir um fim, os riscos podem catapultar os indivíduos para os sonhos e objetivos que têm e aliviar o fardo da rotina diária. Como um fim em si mesmos, não são mais do que jogar com o destino. Estamos precondicionados a evitar os riscos mesmo se lidamos com eles todos os dias. Em consequência, afastamo-nos da oportunidade de criarmos o emprego com que sonhamos, de vivermos a vida que almejamos, de darmos os passos que catapultariam as nossas ideias para o sucesso".

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing