Comunicação

A CSP e a APODEMO querem inovar nos serviços

A Confederação de Serviços de Portugal (CSP) vai passar a elaborar estudos sobre os desafios da digitalização e a inovação nos serviços, no âmbito de uma parceria que estabeleceu com a APODEMO – Associação Portuguesa de Empresas de Estudos de Mercado e de Opinião.

segunda, 28 novembro 2016 11:44
A CSP e a APODEMO querem inovar nos serviços

O objetivo é antever os impactos da digitalização na inovação e evolução das práticas de gestão das empresas de serviços, "tendo em vista a melhoria contínua da sua competitividade".

Diz o presidente da Confederação, Jorge Jordão, que "este acordo de colaboração é essencial para reforçar a valorização das suas perspetivas e contributos no contexto do desenvolvimento do nosso País."

Já o presidente da APODEMO, António Salvador, afirma que o objetivo é "acompanhar os ritmos dos tempos modernos em matéria de estudos de mercado e de opinião, nomeadamente, no crescente processo de digitalização e inovação da sociedade portuguesa e do seu tecido empresarial".

A CSP integra um grupo de associados que, no seu conjunto, representam aproximadamente uma faturação de 31 mil milhões de euros e são responsáveis pela criação de 184 mil postos de trabalho diretos e pela cobrança de 1/3 do IVA em Portugal.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing