Comunicação

A Fundação Vodafone teve um DreamLab

A Fundação Vodafone lança a DreamLab, uma aplicação móvel que pode contribui para acelerar a investigação sobre o coronavírus. Os portugueses conseguem descarregar a app, gratuitamente, e utilizá-la enquanto dormem, colaborando com os cientistas do Imperial College London.

quinta-feira, 30 abril 2020 10:37
A Fundação Vodafone teve um DreamLab

A DreamLab foi desenvolvida pela Fundação Vodafone Austrália, há três anos, para facilitar a investigação contra o cancro. O algoritmo foi, agora, reprogramado, de forma a ser utilizado no combate à Covid-19, nos países onde a Vodafone está presente: Portugal, Itália, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Roménia, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Gana e Lesoto.

A aplicação – explica a operadora – junta inteligência artificial e o poder de processamento dos smartphones, criando um supercomputador virtual com capacidade para analisar milhões de dados, enquanto estamos a dormir. 

“Numa verdadeira luta contra o tempo, organizações e investigadores em todo o mundo procuram respostas para combater a pandemia Covid-19. É com enorme orgulho que lançamos a aplicação DreamLab em Portugal, a qual usa o poder de computação coletivo dos smartphones, para ajudar a acelerar a investigação na área da saúde, nomeadamente no cancro e no coronavírus. Este é o verdadeiro exemplo de como a tecnologia pode ser usada para melhorar a vida das pessoas, e mais relevante se torna quando todos podem dar o seu contributo”, afirma o presidente e CEO da Vodafone Portugal e presidente da Fundação Vodafone Portugal, Mário Vaz.

A app pode ser usada em todas as redes, recomendando-se a utilização do Wi-Fi, sendo que os clientes Vodafone não serão taxados pelos dados móveis usados por esta aplicação.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing