Comunicação

A LPM conta a story do único Grand Prix português dos Lusófonos

A LPM Comunicação arrecadou o único Grand Prix para Portugal dos Prémios Lusófonos de Criatividade, com a iniciativa “Viver depois do cancro da mama”. Desenvolvida para a Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), foi distinguida em “Relações Públicas - Eficácia em campanha de relações públicas”. Outras três #LPMstories foram premiadas, duas com Ouro e uma com Bronze.

segunda-feira, 02 maio 2022 11:42
A LPM conta a story do único Grand Prix português dos Lusófonos

O projeto que arrecadou o prémio máximo focou-se nas necessidades e cuidados de quem sobreviveu ao cancro da mama, com SPS a desafiar a consultora a pensar como influenciar diferentes públicos e assinalar outubro como o mês rosa. Assim, “Joana Cruz e Carla Andrino deram a cara por uma campanha transversal, que agitou as redes sociais, agregou online informações úteis e marcou presença nos diferentes meios de comunicação social”.

Dois outros projetos arrecadaram Ouro: são eles “Continente Labs”, criado para o Continente, e vencedor na categoria “Relações Públicas - Relação com os Meios de Comunicação Social'”; e “Decode the Future”, desenvolvido para a Bayer, e reconhecido em  “Eventos - Lançamento de produtos”.  O primeiro teve como ponto de partida a inauguração da loja 100% cashierless do Continente, propondo-se posicionar a Sonae MC como líder em tecnologia e inovação. Envolveu planeamento estratégico de comunicação, assessoria mediática e contacto com os media.

 A LPM conta a story do único Grand Prix português dos Lusófonos

Já o segundo Ouro resultou de um desafio lançado para a conceção da criatividade do evento de lançamento de um produto que “revoluciona” o tratamento do cancro da próstata. “Partimos da fórmula do produto para contar uma história e criar um desafio à audiência: Decode the Future. Criámos um ambiente imersivo, desafiámos a audiência constituída por profissionais de saúde a descodificar vídeos e mensagens sobre o produto numa exposição de QR Codes ou ainda a superarem os seus conhecimentos numa área de quizzes interativos. Criámos um ambiente do futuro, descodificámos novas mensagens”, enquadra a LPM.

 A LPM conta a story do único Grand Prix português dos Lusófonos

O quarto projeto – “Ilha Digital Doritos”, concebido para a Matudis, saiu dos Lusófonos com Bronze em “Ativação de Marca”. “Como devem ser feitos os materiais de exposição de produto? Papel ou cartão reciclados, para serem amigos do ambiente?” foi o briefing subjacente a este projeto. “Quisemos construir algo que durasse, que não fosse descartável. Algo cool, 3D, multimédia. Ilha Digital Doritos combina com o estilo irreverente de Doritos e causou o impacto pretendido nos diferentes pontos de venda”, resume a agência.

A consultora de comunicação viu, assim, premiados os quatro projetos que tinha candidatado a esta iniciativa que distingue a criatividade dos mercados publicitários e de comunicação dos países de língua oficial portuguesa.

Num post no LinkedIn, a LPM sustenta que estes prémios evidenciam que “continua a inovar as Public Relations “com impacto, com casos de sucesso que mostram como as organizações e as marcas com quem trabalha podem mudar a vida das pessoas”.

Esta edição dos Prémios Lusófonos de Criatividade contou ainda com o contributo do diretor criativo executivo da LPM, Jorge Teixeira, na conferência “Crypto, NFT´s e Metaverso. Qual o papel das agências?”.

 A LPM conta a story do único Grand Prix português dos Lusófonos

Consulte aqui a lista dos vencedores desta edição dos prémios.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

segunda-feira, 02 maio 2022 16:54

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing