Criatividade

No festival do CCP, o palco foi da Leo e da Partners

A edição de 2015 do festival do Clube de Criativos de Portugal (CCP) terminou sábado com dois grandes vencedores entre as agências: a Leo Burnett, que conquistou o Grande Prémio CCP Galp Energia, e a Partnets, que se sagrou Agência do Ano. 

segunda, 11 maio 2015 11:38
No festival do CCP, o palco foi da Leo e da Partners

 

A Leo Burnett foi ainda a melhor agência em quatro categorias - Relações Públicas, Meios, Marketing Relacional e Digital -, título que a Partners conquistou em Publicidade, Ativação e Eventos e Projeto Integrado. Quanto a ouros, a Leo arrecadou 11 e a Partners cinco.

Assim, em Relações Públicas, a equipa de Luciana Cani obteve dois prémios ouro com o projeto Red Carpet, para a Comunidade Vida e Paz, que se sagrou melhor anunciante nesta categoria. Este mesmo projeto valeu-lhe também ouro em Meios, categoria em que o melhor anunciante foi a PT.

Em Marketing Relacional, os dois ouros conquistados pela Leo foram devidos ao projeto LX UP, para a Câmara de Lisboa, e à campanha Maria & Luiz, para os Teatros Nacionais Maria Matos e São Luiz, tendo estes sido o melhor anunciante nesta categoria.

O projeto Maria & Luiz deu também outro à agência em Digital, com o segundo ouro a ser atribuído por Sons da Tortura, para a Amnistia Internacional. Neste categoria, houve três anunciantes em destaque: os teatros nacionais, a câmara de Lisboa e a Paladin.

O último ouro da noite para a Leo foi em Projeto Integrado, igualmente com a campanha Maria & Luiz, que valeu aos teatros nacionais o título de melhor anunciante nesta categoria.

Quanto à Partners, no que respeita a ouros, foram cinco os que a agência levou para a nova casa. Dois foram em Design, com a ilustração Yves Saint Laurent, Coco Chanel, para a revista Vogue, e Vihls Convite Pedra, para a Fundação EDP. Um terceiro foi conquistado em Eventos, com Transmissão Inesperada, para a Sport TV.

O quarto e quinto ouros da Partners saíram da categoria Publicidade, com o outdoor Muro de Berlim, para a revista Sábado, e o poster Ghost Rider, para a MEO.

Em Design, a melhor agência foi a Brandia Central, com a Copa América Chile 2015 a ser o melhor anunciante, ex-aequo com a Jerónimo Martins. A agência de Miguel Viana conquistou também ouro nesta categoria, com a campanha "O pontapé de bicicleta das marcas de futebol".

A Havas Worldwide Portugal ganhou o Grande Prémio Jornalistas, com a campanha "Porta", para a APAV, enquanto o Projeto Lá Tinha venceu o Grande Prémio para o Bem.

O prémio para a Melhor Produtora de Imagem foi partilhado pela Stopline e pela Ingreme.

Os vencedores foram conhecidos este sábado, durante a gala de encerramento do festival, na ETIC, em Lisboa.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

segunda, 11 maio 2015 14:30

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing