Criatividade

A Galp dá energia às ideias deles

Dar energia às ideias. É este o core business assumido pela Galp Energia, que ontem, no Mude – Museu do Design e da Moda, Coleção Francisco Capelo, em Lisboa, atribuiu os prémios dos concursos de arte, design e publicidade Galp Create. Os vencedores receberam entre 1.000 e 5.000 euros, mas é Francisco Miranda, com a proposta "Gomo", que vai a Cannes assistir ao festival internacional de publicidade.

sexta-feira, 05 junho 2015 11:10
A Galp dá energia às ideias deles

No início do ano, a Galp Energia desafiou a comunidade criativa a lançar um novo olhar sobre as garrafas de gás butano, e a dinamizarem a imagem das lojas Tangerina dos postos de abastecimento Galp.

Sobre esta iniciativa, João Torneiro, diretor de marketing Oil Ibérico da Galp Energia, explica que com os consumidores cada vez mais informados é preciso fazer algo diferente. "A tendência está na personalização. As marcas têm de tratar o consumidor não em massa mas cada vez mais como pessoa", reitera João Torneiro.

É que, explica o diretor, "nos tempos de hoje a racionalidade e a rentabilidade de todos os meios obriga-nos a fazer as coisas de outra forma".

O Mude foi o local escolhido para o evento, uma parceria que, para a diretora do espaço, Bárbara Coutinho, " fez todo o sentido".

"Quando me foi apresentada esta proposta, para mim fez todo o sentido que um museu que se dedica ao design, nas suas diferentes expressões, se associasse a uma grande marca que é a Galp. E, sobretudo, por se tratar de um concurso que procura apoiar, promover e incentivar a criatividade dos que estão a iniciar a sua carreira profissional, que é também uma área que o Mude tem vindo a dinamizar", afirma Bárbara Coutinho.

Já Rui Ventura, da APPM, considera que esta iniciativa é relevante porque leva os jovens criativos a repensar uma marca como a Galp Energia do ponto de vista do design, e nas diferentes disciplinas da comunicação. "O que estamos aqui a fazer é criar valor para a marca e para os criativos", diz Rui Ventura.

Assim, em primeiro lugar, em Arte, ficou Tiago Natividade, em segundo lugar, Carolina Amaro Parrinha, e, por fim, Maria João Pinto Leite em terceiro lugar. Já em Design, os prémios foram para, em primeiro lugar, Liliana Delfina de Oliveira Fernandes, em segundo, Joana Pedrosa de Freitas e Joana dos Santos Pires Ribeiro, e, em terceiro, Luis Niza e Pedro do Vale. Finalmente, em Publicidade, o grande pémio foi para Francisco Miranda e Helena Miranda, que vão a Cannes, em segundo ficou André Butler e João Figueiredo, e, em terceiro, Miguel Tavares Gomes.

Para o próximo ano, a Galp Energia diz querer estar mais próxima das pessoas que serve, sendo que o desafio de 2016 terá esta convicção presente. "Vamos lançar o concurso até final do ano, para dar tempo à participação e para que seja compatível com os calendários das faculdades", informa João Torneiro.

Os concursos deste ano contaram com mais de 1.000 inscrições e cerca de 300 propostas, com participações de jovens de varias áreas de formação, como arquitetura, design, artes plásticas, marketing, relações públicas, cinema, fotografia, música, informática e oriundos de várias nacionalidades, além de Portugal, Alemanha, Angola, Austrália, Brasil, Bulgária, Canadá, Colômbia, Espanha, França, Itália, Rússia e Ucrânia.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing