Criatividade

Miguel Viana vira a página e deixa Brandia ao fim de 18 anos

Ao fim de 18 anos, os últimos três dos quais como Chief Creative Officer, Miguel Viana sai da Brandia Central para dar um novo rumo ao seu percurso profissional. Sai – afirma – com a convicção de que contribuiu para o fenómeno de internacionalização da agência e que a deixa com mais mercado.

sexta-feira, 08 janeiro 2016 11:42
Miguel Viana vira a página e deixa Brandia ao fim de 18 anos


Miguel Viana ingressou na Brandia como designer, passando depois a Brand Design Director, cargo que ocupou durante 13 anos, até ser nomeado Chief Creative Officer. Com a equipa que liderou, lançou marcas como UEFA EURO 2016, Copa Amética Chile 2015, FIFA World Cup Russia. Deixa ainda a marca noutros "projetos à escala mundial" que em breve serão conhecidos.

Foram anos – sublinha – em que a Brandia contribuiu para levar o nome de Portugal aos vários cantos do mundo, com a agência a ser hoje "uma referência mundial em branding", com projetos "de grande visibilidade e com resultados reconhecidos" em nove países nos últimos três anos.

"Saio com a convicção de dever cumprido. Com a certeza de que, no papel de Chief Creative Officer, conduzi a Brandia e a sua equipa num dos períodos mais difíceis da sua história e que contribuí para o fenómeno bem sucedido de internacionalização da empresa, em curso", afirma.

"Sei que deixo hoje uma empresa com mais mercado do que há 3 anos. Batemo-nos durante este período por alguns dos maiores projetos de branding do planeta com empresas referência internacional e vencemos", remata.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing