Criatividade

Já há “leões” para os jovens criativos

Porter Novelli, Initiative, ComOn, Nossa, OutSystems, Microsoft, BAR e Publicis são as agências e empresas que terão Young Lions em Cannes. Para Vasco Perestrelo, CEO da MOP (Multimedia Outdoors Portugal), o formato de 48 horas foi bastante positivo tanto na preparação dos representantes portugueses, como na apresentação de trabalhos com maior qualidade. 

terça-feira, 12 abril 2016 11:08
Já há “leões” para os jovens criativos

Na categoria de PR, a dupla vencedora foi Daniela Duarte e Ana Espírito Santo, ambas da agência Porter Novelli. Quanto à área de Media, os vencedores foram Bernardo Palma e José Pedro Silva (Initiative Media) e, pela categoria de Cyber, ganharam bilhete para Cannes, Filipe Macedo e André Martins (ComOn).

Em Design, a medalha de Ouro foi para Maria Bessa e Rui Simões (Nossa), enquanto na categoria de Marketing os vencedores foram Diogo Vasques e Ana Almeida (OutSystems e Microsoft).

Na categoria de Filme, os Young Lions deste ano são João Amaral e Guilherme Geirinhas (BAR) com um vídeo comemorativo dos 20 anos da FLAG. O segundo criativo venceu nesta mesma categoria, em 2015. Por fim, na categoria de Imprensa/Outdoor, a dupla vencedora foi Rubens Mendes e Freddie Brando (Publicis), com um trabalho para a EDP.

Sobre o balanço da competição, o CEO da MOP, Vasco Perestrelo, comenta que o novo formato de competição (48 horas de bootcamp) foi muito positivo. "Nós tínhamos dois grandes objetivos quando mudámos o formato. O primeiro foi aumentar a qualidade dos trabalhos que concorreram, da shortlist e vencedores. E, por outro lado, habituá-los a um formato de trabalho igual àquele em que vão competir em Cannes. Acho que a grande diferença foi o foco. Por estarem focados nisto durante 48 horas, apareceram ideias muito interessantes".

Relativamente à presença de apenas duas juradas portuguesas na competição de Cannes, o CEO da MOP explica que a seleção está relacionada com o número de inscrições e resultados por país. "O problema é que quanto menos inscrevemos, menos probabilidades temos de ganhar. E isso deveu-se à crise, nos últimos anos. Por um lado, poupou-se no número de inscrições e, simultaneamente, acho que houve menos capacidade de arriscar. E criatividade é também arriscar", salienta Vasco Perestrelo.

O festival Cannes Lions 2016 decorrerá de 18 a 25 de junho.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

 

terça-feira, 12 abril 2016 13:16

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing