Criatividade

Ousar falhar para vencer. Miguel Viana dá a tática para… o Mundial

Ousar falhar para avançar. Foi este o "segredo" da seleção nacional de futebol, na ótica do brand designer Miguel Viana, ex-chief creative officer da Brandia Central e responsável criativo pela marca do UEFA Euro 2016. Foi enquanto líder dessa mesma equipa que voltou a criar uma marca desportiva global, a do FIFA World Cup Russia 2018. Daí que partilhe um voto: "Esperemos que a seleção ouse novamente falhar".

terça-feira, 12 julho 2016 13:06
Ousar falhar para vencer. Miguel Viana dá a tática para… o Mundial

À Briefing, Miguel Viana enfatiza que Portugal deixou a sua marca neste europeu: "Primeiro uma empresa portuguesa fez há 3 anos a marca do Europeu, ganhando um concurso internacional a competir com os melhores , e agora uma seleção que dá uma dimensão ainda maior a tudo e que deixa para sempre a sua marca no coração de todos os portugueses".

 

"Uma marca que assim se cumpre na totalidade e que ficará para sempre no coração de todos nós. Épica", elogia.

 

E Portugal conseguiu-o porque, em primeiro lugar, soube ouvir: "Ser Português é ter espirito de ouvir. Ouvir mesmo. Por vezes confunde-se o ouvir com a submissão perante o outro. Não há nada mais errado. Saber ouvir é um grande dom que temos enquanto povo".

 

Mas – ressalva – " saber ouvir não pode significar perder identidade. Tem de significar ser mais inteligente. Respeitar a diferença, aprender com os outros, entender os outros. E depois ousar. Ousar criar. Ousar novas fronteiras".

 

E nessa ousadia é, até, preciso "ousar falhar para avançar": "Acho que foi isso que senti, uma seleção e um selecionador que ousou definir um objetivo e que fez tudo para o atingir. Ousando falhar para poder vencer".

 

"Acho que esse espirito, a capacidade de ousar perder, sempre foi cultura de uma casa em que tive a honra de trabalhar, a Brandia Central, onde, com uma equipa extraordinária, conseguimos ousar perder para poder vencer. Também lutámos contra favoritos, também tivemos contrariedades, também tivemos prolongamentos, também jogámos sempre como equipa e no final ganhámos", remata.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing