Criatividade

Nos Lusófonos, oito Ouros ficaram em Portugal

O Brasil foi o grande vencedor do segundo quadrimestre dos Prémios Lusófonos da Criatividade, ao arrecadar os três Grand Prix e a maioria dos prémios Ouro. Do lado da criatividade portuguesa, houve seis Ouros, três deles para a Krypton, a que se somam outros dois, mas na categoria mais jovem.

terça, 02 abril 2019 11:36
Nos Lusófonos, oito Ouros ficaram em Portugal

 

Assim, a Publicis Brasil venceu dois grandes prémios e seis Ouros, tendo o terceiro prémio maior ido para a Lew’Lara, que, além disso, ganhou dois Ouros.

Em Portugal, ficaram três Ouros para a Krypton, todos na categoria Craft – um com “Teresinha”, outro com “Merry Krypton” e outro ainda com “Portugal Chama”.

Os outros três Ouros nacionais foram para trabalhos inscritos em Design: EDP, com a brochura “SEA4ALL”; Bang Bang Agency, com “FOLKIFUNKI”; e Bastarda, com “Enoteca 1756”.

E, na categoria mais jovem Briefing Aberto, criada em parceria com a Delta Q, entre as duplas premiadas com Ouro está a portuguesa João Pedro Vaz e Mariana Laurêncio. Nos Estudantes Lusos, venceu o IADE.

A lista completa de vencedores pode ser consultada aqui.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

terça, 02 abril 2019 12:38

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing